BERNARDINHO, ESSA MALA


Nunca gostei de Bernardinho , técnico da seleção brasileira de vôlei. Até aí morreu Neves visto que milhares de pessoas nesse país o acham o máximo. Chamam-no de vencedor, um realizador ,um guerreiro e outras baboseiras que a mídia triunfalista cola na imagem desse mauricinho narcisista com traços de autoritarismo mais que evidentes. No Brasil vencer - seja a que preço for - é o que interessa. Já que Bernardinho- Mauricinho vence então deixa ele não ter senso de humor, deixa ele regurgitar lições banais de auto- ajuda ,deixa ele gritar,deixa ele posar de imperador do vôlei com aquela expressão seríssima de quem descobriu a cura da Aids. Deixa também o infeliz fazer propaganda de gosto duvidoso como bem lembra o jornalista Palmério Dória na edição da revista "Caros Amigos" desse mês. Para quem não teve o desprazer de ver eu conto : o "genial guerreiro" Bernardinho aparece no dito cujo comercial de tênis arremessando objetos , inclusive uma pesada luminária, do alto de um edificio .Lá embaixo apara a queda o jogador limitrofe Giba. Flagrante incentivo à estupidez, concordam ??? Só me surge uma questão diante de tanta boçalidade. Quem é mais imbecil ? o cliente que aprovou um comercial desses ou os publicitários que o conceberam ?
ps. E parece que a moda pega visto que - como lembra Palmério - Boninho(o mr. Big Brother)mais as "humanistas" Ana Furtado e Narcisa Tamborindeguy adoram jogar ovos podres no populacho do alto do luxuoso edificio Chopin no Rio. E ainda temos que chamar esses espécimes de humanos...não é a toa que o Big Brother é o que é né Boninho ??

Comentários

Jôka P. disse…
Sempre é legal conhecer novos blogs e receber novos visitantes. Obrigado por suas palavras tão legais, eu e a mulher de verde agradecemos. Então você vem sempre à Copacabana, né !
Daqui vejo a janela (agora fechada e com a luz apagada) do quarto de Narcisa - de onde ela joga não somente ovos, mas também rosas, papel picado e toda sorte de objetos não identificados. De onde ela grita também.
Ela não é má - só é doida demais.
Ela é doida demais, doida, doida...
Ela é doida demais, doida, doida...
Tra-lá-lá !!!

:)
Jôka P. disse…
Não tenho nada a dizer sobre Bernardinho. Não vejo nenhuma espécie de esporte. Minto, algumas vezes assisto a natação, dependendo dos nadadores...
patypolo disse…
Ricardo, obrigada pela visita.
Sobre a sua pergunta, eu sou Assessora de Imprensa da SulAmérica. Embora a rádio tenha sido um projeto da área de Marketing, a divulgação dela foi feita por meio da Assessoria de Imprensa. E é justamente essa estratégia que apresentamos à USP, e que está concorrendo ao melhor case de comunicação corporativa.
Abraço,
leitora assídua disse…
Deixo aqui as seguintes perguntas:
1.Como podem empresas, faculdades etc pagarem altas somas pra que ele dê palestras sobre "Vencedores"?
2.Será que os vencedores têm esse humor deteriorado, educação desprezível e a péssima mania de substimar quem está à sua volta?
3.Os reais vencedores se comportam da maneira "todo poderoso" como ele?
Sinceramente, nada contra seleção de voley, pelo contrário...
Mas, diante da excelente matéria do Ricardo, aproveito o gancho e afirmo: Prefiro que meus filhos se espelhem nas batalhadoras professoras que contribuem na educação diária dos nossos "brasileirinhos"... pois mesmo atuando na obscuridade e sem reconhecimento torcem pra que seus alunos sejam, sim, verdadeiros vencedores!
abraço!!
Ana D disse…
Que massa este teu post desmistificando o "vencedor" Bernardinho ! Putz o cara é um pè no saco, sem carisma, antipático. Deixei de curtir vôlei porque a figura dele EXIGINDO vitória da equipe me causa entojo rsrsrs.Quanto ao passatempo dos finos da Globo e afins é deprimente. A Narcisa é meio grotesca rs...
palpiteira disse…
Gostei do seu blog também. Essa foto inicial está linda, mas sabe que eu não tenho coragem de passar por um lugar tão ermo? É. Só acho bonito ver de longe, bem de longe. Assim mesmo, do jeito que vc colocou. :)

Ah, tirei a Rússia do meu itinerário. ;)
Beijo.
Edna Federico disse…
Meu amigo...é um pior que o outro!
Beijo
Patty Diphusa disse…
Ai, nunca gostei desse cara. Ele tem a cara e o jeito de um inspetor facistinha que tinha na minha escola. E a propaganda, uffff...
Mara* disse…
Não pude deixar de lembrar do técnico russo, famoso por gritar e conhecido também por sua competência, senão não estaria no comando da seleção feminina da Rússia por tantos anos. Bernardinho é vibrante, racional, transparente. Sofre nos erros, comemora quanto o time acerta, ele joga junto. Como jogador, Bernardinho integrou a chamada "geração de prata”. Atualmente não existe dúvida nenhuma sobre qual é a melhor seleção masculina de vôlei do mundo, graças a ele somos ouro. Posso estar errada no meu julgamento, vai ver é disso que o Brasil tá precisando: homens e mulheres malas como Bernardinho e não de gente estúpida como essa tal de Narcisa e outros mauricinhos engomadinhos.
Alexandre Core disse…
Pô Ricardo,

Enfim uma divergência (parcial) da sua opinião (que ótimo!). Gosto do Bernardinho. Acho-o um excelente técnico e profundo conhecedor do voleibol, mas também concordo que a sua atuação deveria ficar restrita a esse campo. Quando alguém bem sucedido em qualquer área é lançado a categória de exemplo para a humanidade, pronto, perde-se o encanto. Lembro de ter assistido a uma palestra do camelô David (Deivid) que tem uma banca de doces na Franklin Roosevelt. Saí de lá meio frustrado por ter estudado tanto e porque o camelô fez mais questão de desfiar o rosário de seus bens pessoais do que outra coisa.

Quanto ao Bernardinho, o livro, as palestras e os comerciais, alguns de extremo mau gosto (como aquele da Uninove em que ele fica como um desencarnado soprando no ouvido da menina que ela não deveria desistir), são marcas negativas na minha opinião.

Ademais, como disse certa vez uma escritora que eu não lembro o nome:

Charme é o que certas pessoas têm até perceberem que têm.

abrs,
peri s.c. disse…
Nem o Bernardinho, mesmo num momento de possessão suprema, babando, conseguiria dobrar o ego de nossos " gênios" publicitários e convencê-los da absoluta imbecilidade das campanhas que bolam para ele.
Mila disse…
Ricardo...
Nem vou falar que sou publicitária... se não levo pedrada... hauhauahua
Beijos Mila
Patty Diphusa disse…
Acho interessante notar quantos olhos femininos estão nessa página...
Ricardo Soares disse…
REPOSTAS SINCERAS ME INTERESSAM

patty diphusa... VC SABE QUE NEM TINHA ME TOCADO DO TANTO DE OLHOS FEMININOS NA PÁGINA ?? thanks pelo toque... só mulher pra enxergar o que um homem não vê!!!

jÔKA P.// a narcisa ser doida, muito doida,doida demais tra-lá-lá... tá ok... mas vai jogar ovos podres na pqp essa perua né ??? faça-me o favor...

paty polo ... a rádio sul américa trânsito ( 92.1 fm) é uma bela bola dentro da área de marketing então né ??? e torço pra vc levar o prêmio com seus colegas pela bela divulgação...já falei da rádio no blog... só acho que deviam incentivar o uso consciente do celular no trânsito com mais enfâse... tem gente demais passando informação pra rádio e duvido que sejam todos do viva voz ou estacionados...

leitora assídua... nada tenho tb contra o volei... mas tambem acho, sem a menor demagogia que é melhor ter as bravas professoras de escola pública como exemplo do que o mauricinho bernardinho

ana d. // desmistificar bernardinho, desmistificar dunga, felipão e todos esses bedeis do esporte com tendências autoritárias que ganham espaço por serem "vencedores"... bahhh ... vitória a que custo ??? quanto à narcisa não é doida demais... é grotesca demais!!!


palpiteira :tiraste a rússia do itinerário ??? que pena... nem tudo é ruim ao que parece... quanto à paisagem erma que abre o blog veja como somos diferentes... eu adoro esses ermos...quanto mais ermo melhor ... antes ermo do que emo...dã dã dã ... essa piadinha foi pior que as "tiradinhas " do dã Tadeu Schmidt irmão do dã Oscar Schmidt

edna... é um pior que o outro que é pior que uns e outros...

Mara... eu vi que tu curtes Bernardinho... respeito sua opinião mas é sempre bom saber que Bernardinho não é unanimidade... ser um tecnico bem sucedido não o exime de fazer o gênero "bedel fascistinha" como nos lembra a patty diphusa

alexandre , meu caro... acho que a resposta para a mara também vale pra ti né ??? abraço

peri... bernardinho mesmo babando de raiva não deve ter tido muita consciência dos péssimos roteiros que tinham esses comerciais fajutos que ele fez... ou será que o cachê era tão bom ??

mila... pedrada vc não leva não... a não ser que for defender esse péssimo comercial... e , parafraseando o falecido publicitário carlito maia, "amo os publicitários com todo meu odio" hehe...acredite : tenho vários amigos nesse segmento... ninguém é perfeito... beijo...
Mara* disse…
Graças aos bons deuses aqui não encontro a concordância cega, a unanimidade é burra como já dizia o Nelsinho dos Rodrigues. Beijão querido.
disse…
Sabia que este foi escolhido o melhor comercial sobre o pan? Como alguns citaram, acho o Bernardinho um bom técnico. Mas fazer de todo "bem sucedido" um palestrante... aí não dá. E ele cobra bem! A propósito: será que depois do auê com o Ricardinho, o valor da palestra baixou? :)

Postagens mais visitadas