JOSÉ AGRIPINO DE PAULA



“Panamérica de áfricas utópicas”, diz a letra caetanesca de Sampa. Só que poucos sabem que o compositor baiano se referia ao título de um livro capital para os tropicalistas de autoria de José Agripino de Paula : PANAMERICA.

O livro está disponivel para a venda inclusive no site da editora Papagaio e apesar de muito citado por escritores(sobretudo os da nova geração)foi pouco lido, pouco digerido, pouco compreendido. José Agripino escreveu ainda outro livro venerado , LUGAR PÚBLICO, e dirigiu o filme HITLER DO TERCEIRO MUNDO , referência para muita gente. Em 4 de julho nos deixou vitima de um enfarte na sua casinha em Embu das Artes perto de São Paulo. Estive com ele a derradeira vez há pouco mais de dois anos quando fiz a gravação de um programa especial para a série "Mundo da Literatura" que ainda é exibida pela TVE do Rio e pelo SESC TV. Agripino era diagnosticado como esquizofrênico mas - me perdoem o lugar comum - muitas vezes parecia levar adiante uma conversa mais lucida do que as que tive com dezenas de outros escritores que centram sua produção ao redor do próprio umbigo. Meu caro amigo Sérgio Pinto de Almeida, editor da Papagaio, promete colocar na praça outros escritos do Agripino. Inclusive inéditos já que na ocasião de sua morte preenchia inúmeros cadernos com escritos . No programa ele me permitiu que eu lesse no ar uma dessas páginas. Acreditem... valia mais que toda a obra de Fernanda Young.

Comentários

Moi disse…
Fiquei com vontade de conhecer melhor!
beijos
Moi disse…
tenho muitas vontades! estranho!
luma disse…
Eu assisti um programa num sábado de manhã, não sei se foi esse.
Faz tempo e não lembro muitos detalhes.
Solitário, humilde e miserável. Ou abandonado?
Uma fala dele lembro com clareza, talvez pela condição melancólica que passou "Um autor precisa de tempo para ser aceito"

Ah! Você já está no "Luz" entre "Parisiando" e "Mário Prata"! :-)))) Beijus
Rafael Velasquez disse…
Fiquei com vontade de conhecer. Estranho, como nunca ouvi fala... que horas passa na TVE? quase não vejo tv, passa a hora do seu promagra também.

abraço.
Marcio Gaspar disse…
Oi Ricardo! Será que vão incensar o Mautner, como escritor, quando ele morrer, relançando 'Kaos' e Fragmentos de Sabonete' em edições luxuosas? E o Waly Salomão?? me parece qe ainda não teve suas obras mais relevantes, lançadas da maneira como mereciam, nénão? Ah! E visita meu blog! http://www.quasepoucodequasetudo.blogspot.com/.
Claudinha disse…
Olá, sempre quis ler este livro e entender o universo dos meus primos mais velhos que me encantavam com aquele movimento da tropicália. Lembro que foi muito mais interessante e rico, musicalmente, politicamente. Seria legal entender mais deste universo de minha infância. Uma ótima dica a sua.
Vim agradecer sua visita. Não sou de BH, mas sou daquelas montanhas de ametistas. Nascida em Itabirito e criada em Ouro Preto, morando atualmente no sul de Minas. Comecei com o blog na globo.com há 4 anos, como 'salvação' depois de sobreviver a um AVC hemorrágico e a uma cirurgia cerebral, sem seqüelas (está no meu blog Fractais). Uma história de "borboleta".
Abraço! Seja sempre bem vindo.
Ricardo Soares disse…
sobre agripino

1. Moi... acho que você devia mesmo ter vontade de conhecer o agripino... vale a pena

2. luma... o programa que vc viu era esse mesmo que eu fiz com o agripino... ele dizia que um autor precisa de tempo para ser aceito...quem sabe um dia o reconhecerão como deve...ahhh... grato pela inclusão do meu blog entre os seus favoritos...o seu está na minha lista...

3.rafael ... se não me engano o programa passa toda quarta na TVE do Rio... as 20 ou 20 e 30...já no Sesc tv esqueci o horário... sorry e obrigado pela visita

4.Marcinho , dear...olha, já visitei seu blog e deixei longo comentário por lá... nós calouros blogueiros !!! quem diria né meu velho??? quanto ao mautner e ao wally vc tem toda a razão... será preciso que mautner se vá para que o valorizem como merece ??? recentemente lançaram umas coisas do mautner mas com má divulgação porque nossa mídia está mais preocupada em dar espaço aos gringos literários e a quem se auto promove nessa terrinha...wally ao menos era amigo dos tropicalistas e sabia se divulgar... mas merecia ser melhor lido tb... assim como o leminsky...abs e seja bem vindo... volte sempre

5. claudinha... seja sempre bem vinda tb...então quer dizer que seu blog foi uma espécie de balsamo em hora dificil de sua vida?? olha, desejo a vc e a seus blogs longa vida e que volte sempre aqui... bacio
Olá, Ricardo!

Gostei muito de topar com tuas linhas por aqui. Convido-o a ler nossa revista eletrônica cultural, a DIVERSOS AFINS. Será um prazer receber sua visita e trocar idéias contigo!

Abraço grande!!

diversosafins@gmail.com
FINA FLOR disse…
sei bem como é a sensação de achar que um possível esquizofrênico pode ser mais lúcido que um escritor moderninho, rsrsr*

beijos, querido e sim, será um prazer linka-lo.

beijos e boa semana,

MM.
Jôka P. disse…
Adoro a Fernanda Young !
É linda, magra e chique.
Tem tatuagens bacanérrimas, belíssimos cortes de cabelo e sabe se vestir de uma forma bem particular.
Tem personalidade forte e faz um tremedo sucesso, embora isso não seja uma unanimidade. Nelson Rodrigues já disse tudo sobre a unanimidade, você sabe.
Nem precisaria ser tão espirituosa, inteligente e excelente roteirista e escritora, mas é.
Ninguem é perfeito, mas ela chegou bem perto.
Ricardo Soares disse…
pois então jôka p.!! viva a liberdade de opinião na internet né??? com relação a seu gosto por fernanda young só posso lhe dizer uma coisa : " Gosto não se discute, se deplora!!!"... apareça mesmo que for pra discordar sempre
Inconsequência disse…
Olá Ricardo, assiti na última sexta -feira dia 22/08/08 no SESC TV a entrevista q vc trouxe junto ao Agripino, confesso que fiquei muito cativado e interesado pela obra do mesmo, já tinha ouvido falar de agripino..porém nunca juntei a figura a pessoa como no programa, ouvindo a comentário do Cony ainda mais surpreso fiquei mais curioso e de um só tapa fui a alivraria e trouxe os dois exemplares de Panamérica e Lugar Comum..estou a devorar..graças
abraço
Inconsequência disse…
Lugar Público..rsrs viajei
É uma Pena que as Pessoa Tão simples com José Agripino Não Foi Reconhecido.Me sinto Orgulhosa de ter conhecido, morava perto do meu trabalho( em um supermercado )e fazia compras Lá.sempre oferecia alguem para ajudá-lo .
mas nuca aceitou ,empacotava suas compras sozinho e ia embora com um monte de sacolas .Quem sabe agora depois de sua morte alguem o reconheça.Beijos!!!!
É uma Pena que as Pessoa Tão simples com José Agripino Não Foi Reconhecido.Me sinto Orgulhosa de ter conhecido, morava perto do meu trabalho( em um supermercado )e fazia compras Lá.sempre oferecia alguem para ajudá-lo .
mas nuca aceitou ,empacotava suas compras sozinho e ia embora com um monte de sacolas .Quem sabe agora depois de sua morte alguem o reconheça.Beijos!!!!
É uma Pena que as Pessoa Tão simples com José Agripino Não Foi Reconhecido.Me sinto Orgulhosa de ter conhecido, morava perto do meu trabalho( em um supermercado )e fazia compras Lá.sempre oferecia alguem para ajudá-lo .
mas nuca aceitou ,empacotava suas compras sozinho e ia embora com um monte de sacolas .Quem sabe agora depois de sua morte alguem o reconheça.Beijos!!!!
É uma Pena que as Pessoa Tão simples com José Agripino Não Foi Reconhecido.Me sinto Orgulhosa de ter conhecido, morava perto do meu trabalho( em um supermercado )e fazia compras Lá.sempre oferecia alguem para ajudá-lo .
mas nuca aceitou ,empacotava suas compras sozinho e ia embora com um monte de sacolas .Quem sabe agora depois de sua morte alguem o reconheça.Beijos!!!!
É uma Pena que as Pessoa Tão simples com José Agripino Não Foi Reconhecido.Me sinto Orgulhosa de ter conhecido, morava perto do meu trabalho( em um supermercado )e fazia compras Lá.sempre oferecia alguem para ajudá-lo .
mas nuca aceitou ,empacotava suas compras sozinho e ia embora com um monte de sacolas .Quem sabe agora depois de sua morte alguem o reconheça.Beijos!!!!
Anônimo disse…
POR ACASO EU ESTOU ATRÁS DESSE LIVRO. FIZ UM TRABALHO SOBRE O TROPICALISMO ALGUM TEMPO ATRÁS E NA OCASIÃO NÃO CONSEGUI ACHAR O "DITO".
LEGAL DIVULGAR ESSAS OBRAS ESQUECIDAS.

Postagens mais visitadas