Curiosidades Moscovitas

por Andréa Longo
Andando pelas ruas de Moscou sempre presto atenção em tudo. Penso em como as coisas funcionam em São Paulo e acabo comparando.Há espalhadas pela cidade "bancas de vidro", que dão um colorido todo especial a Moscou. Vendem produtos diferentes em cada uma delas, como por exemplo, cigarros e bebidas; revistas e jornais; pães e doces; chocolates, bolachas, refrigerantes e chás, e também flores.

E não dá pra deixar de notar o número grande de banheiros públicos, iguais aqueles em que colocam em estádio em dia de show. Bom, são bem nojentos e pagos. E até em alguns shoppings se paga para ir ao banheiro. Antes de entrar já tem uma senhora na porta pronta pro pagamento.
Os russos têm o costume de tomar muito chá, acho que até mais que os ingleses. Sempre depois das refeições, em restaurantes, pedem o chá pra finalizar. É bom pra digestão e no frio ajuda a esquentar.
E quando estiver andando na rua, cuidado para não tomar uma "portada" na cara. Aqui na Rússia, diferentemente do Brasil, todas as portas abrem de dentro para fora. Não é difícil presenciar uma cena de alguém sendo atingido por uma porta ao andar na calçada.
Agora que o inverno está chegando, muitos restaurantes já estão começando a desmontar as varandas que foram colocadas nas calçadas e praças para proporcionar aos clientes lugares mais agradáveis. Com o frio, todos estão procurando abrigo nas mesas que ficam dentro dos restaurantes.
E por falar em frio, a temperatura por aqui anda na casa dos cinco graus. No final de semana passado nevou pela primeira vez nessa temporada, fez zero grau, o que não é comum pra época. Normalmente no começo de novembro é que a neve dá o ar da graça. Mas assim poderei mandar fotos "bem frescas" de uma Moscou que ficará branquinha! É só aguardar!

Comentários

Claudio Odri disse…
Oi Andréa, tudo bem?
Menina, o tempo não pára! tenho acompanhado seus escritos sobre a vida em Moscou. Depois de Moscow on Hudson podemos ter um Sampa no Volga!
Acho que essa trocadilho não fez o menor sentido, mas deixa para lá... O fato é que fiquei feliz ao ler suas postagens. Falei com o Ricardo sobre você e há tempos estou para felicitá-la e cobrar que você faça seu próprio blog: Memórias de uma brasileira no Kremlin, que tal?
Fico curioso em saber mais dessa terra e sua impressão sobre ela. Mas, principalmente, saber como vocês estão por aí.
Continue escrevendo... e parabéns pelos textos.
beijo
Edna B. disse…
Ricardo e Andréa,
Adorei saber um pouco da Rússia, fiquei aqui imaginando essas portas que se abrem para os dois lados, e tb fiquei intriga e curiosa com as "bancas de vidro" pasma com os banheiros, (fez-me lembrar da minha visita recente a Londres,onde tive dificuldades ao se usar banheiros, alguns restaurantes cobravam separado pelo uso, absudo!)
Adorei saber que tomam muito chá, será mesmo mais que os Ingleses? fiquei imaginando que sim, pois ajuda a esquentar conforme relatou.
Ansiosa pelas fotos "branquinhas".

abraços
Edna B. disse…
desculpe os erros ao digitar.
andrea disse…
Claudio, ola! Quanto tempo?! Posso te dizer que esta sendo uma experiencia impar...nunca me imaginei em moscou e ca estou. A vida nos apronta cada surpresa boa!!! beijos enormes a voce e para diva, andrea e gui
Andrea Longo
andrea longo disse…
A todos os visitantes, deste blog, obrigada por "passarem" por aqui! Continuarei contando coisas interessante que encontro deste lado do mundo. rs
beijos, andrea
Edna Federico disse…
Nossa, do jeito que sou desastrada, iria levar e dar muita portada na cara, riso

Postagens mais visitadas