encontro marcado com fernando sabino


Se há um livro que gostaria de ter escrito na vida é “Menino no Espelho” de Fernando Sabino. Não lembro onde e como conheci o autor mas devo ao encontro a certeza definitiva de que a palavra aproxima, acalenta , a literatura nos dá bons amigos e nos propicia grandes encontros. Aos desavisados quero dizer que nem de longe imagino ter a estatura intelectual ou o talento do Fernando . Nem forjar uma intimidade que não tivemos. Foram poucos e raros encontros. Mas muito calorosos. O último que não tive com ele me deixa na boca um gosto de trava de caju verde. Queria ter ido ao seu velório mas o Fernando cismou de morrer dois dias depois de eu ter deixado o Rio depois de longa empreita que lá eu vinha realizando em 2004. Por dois dias não pude vê-lo pela derradeira vez. Mas não vou falar de momentos tristes . E sim de um alegre e surpreendente encontro telefônico que ocorreu há alguns anos.
Estava eu posto em sossego numa nublada tarde de sábado escrevendo qualquer porcaria. O apartamento estava de pernas para o ar em reforma e apenas eu estava em casa. Toca o telefone e do outro lado da linha uma voz semi-rouca e risonha brada :
--- Ricardo Soares !!!????
--- É ele...
--- É o Fernando Sabino rapaz !!!!
Ressabiado e desconfiadissimo quase respondi ( como Tatiana Belinky fez com Monteiro Lobato no passado) que eu era o Papa já que Sabino nunca tinha ligado pra minha casa e nem sei como teria conseguido meu número. Mas deixei rolar a prosa , engolindo em seco
--- Pois então ... eu estou aqui em casa tomando uns uísques com o Moacir Werneck de Castro ( ou seria Nelson Werneck Sodré?) e vi teu programa falando do Otto Lara Resende... coisa linda rapaz!!!
--- Ahhh tá!!!
--- E olha... adorei o elogio que você fez do meu livro novo! Obrigado...
Começando a me convencer que era mesmo o Fernando que falava eu arrisquei já que nos últimos anos de sua vida ele estava avesso a entrevistas ::
--- Mas Fernando você gosta do programa mas não me dá entrevista !!! tentei várias vezes...
--- Ahhhh Ricardo, é que tenho parado pouco no Rio... agora mesmo estou indo pra Vassouras pra terminar um outro livro
--- Tudo bem Fernando...mas você deu entrevista para o Roberto D’Ávila recentemente...
--- É que eu vinha prometendo a ele faz anos ... de mais a mais ele me caçou lá em Paris...
--- Pois então Fernando... quem te caça agora sou eu..
--- Deixa eu voltar de Vassouras, deixa eu voltar de Vassouras...
Certo agora de que falava mesmo com Fernando Sabino trocamos mais meia dúzia de palavras amáveis e desligamos.
Fernando voltou de Vassouras , publicou o livro que lá escrevia , não deu entrevista pra mim e pra mais ninguém e pouco tempo depois sua voz semi-rouca não mais se ouvia. Mas continua sim ressoando em cada página dos seus livros encantadores . Simples e definitivos como era Fernando Sabino.

Comentários

Ricardo: Encontro Marcado foi um daqueles livros que, depois de ler, me fazia sentir que minha missão na vida era escrever, só pra saber que outras pessoas poderiam sentir, lendo meus textos, o mesmo prazer que eu estava sentindo naquele momento!
Parabéns pela lembrança!
Saber que a voz de quem escreve repercute infinitamente é um consolo e tanto!

Beijo!

Analú
FINA FLOR disse…
bacana você não forjar a intimidade como muita gente faz.

beijos e bom fim de semana,

MM.

ps: não se preocupe tanta com essa coisa de links, querido...... é chatinho mexer com isso e não tenho tido tempo. como escrevi no e-mail, não cheguei a colocar seu blog lá, vc deve ter se enganado, mas não tenho colocado o de ninguém, há tempos.... fico feliz por saber que gosta do meu espaço e que gostaria de se ver linkado lá, mas creia, não ando com tempo para mexer nesses detalhes.....obrigada pelo carinho!!! equanto isso, vamos nos comunicando.....
Pinto disse…
Ricardao

Sinto desaponta-lo, mas fui eu quem te passou esse trote.
Ricardo Soares disse…
ana lucia ... saber que a voz de quem escreve ainda repercute na verdade é o grande alento... bj


MM ou fina flor... na verdade em pouco mais de 100 posts e 50 dias aprendi que a etiqueta dos blogs é a troca recíproca de links quando pintam afinidades estéticas ou pessoais... achei que num dos seus comentários vc tinha dito que me linkou... então tb fiz isso aqui... se isso não aconteceu tudo bem ninguém está cobrando nada darling... eu hein ??? vir pra blogosfera pra ser cobrado e cobrar ?? relaxa

pinto ...então era vc rapá?? gozado que sendo a voz do outro lado da linha bem masculina eu jamais poderia pensar nisso... anda disfarçando bem né mesmo??
Ricardo: Quando tento te mandar e-mail através do
noreply-comment@blogger.com
recebo uma mensagem de erro! Esse e-mail que eu pus aí tá errado?
Se você puder me passar o correto, agradeço!
De qualquer forma, vou te falar o que eu queria falar por e-mail e não consegui: dá uma olhadinha no meu blog, que o novo post tá muito legal e eu queria te pedir, se você gostar do assunto, pra você passar pras mulheres que você conhece, porque minha intenção é ajudá-las!
reencontrandosuaalma.blogspot.com

Obrigada!

Analú
Blog interessante, bom de ler!!
Parabéns!! Vou visitar!
Luciana Carvalho disse…
Quando crescer quero ser igual a você, vc recebeu um tefefonema dele que "nasceu homem e morreu menino", confesso que morri de inveja, mas uma inveja boa, inveja branca...rsrsrs
Bjs
Karin Kolln disse…
Ricardo, obrigada pelo comentário que você deixou no meu blog, espero "vê-lo" por lá mais vezes.
Pra falar a verdade, até dez dias atrás nunca havia entrado em um blog. No dia em que criei o meu, comecei a procurar por outros - me encantei tanto com essa blogsfera que deu naquela pequena lista...

Eu adoro Fernando Sabino, li "Menino no Espelho" quando tinha 13 anos e a experiência marcou minha vida. Muito legal você ter tido a oportunidade de falar com ele, mesmo que tenha sido pelo telefone...

Passarei por aqui mais vezes.

Beijo!
Ricardo Soares disse…
obrigado pela visita Karin ... mas não foi o único encontro que tive com Fernando Sabino não...o que narro no post foi o derradeiro encontro...um encontro telefônico...
bj
ricardo

ana... vou olhar o post que vc falou
bj

luciana...fernando sabino era acima de tudo um homem simples no trato, simpaticissimo...não tinha afetações tão comuns a atorecos globais de quinta categoria...bj

manuela... desde portugal seja bem vinda... volte sempre
Blogildo disse…
Eu não sou muito fã de nossa literatura. Mas há dois livros "nossos" que adoro: O risco do bordado, do Autran Dourado e O encontro marcado, do Fernando Sabino.

Depois que li "O Encontro Marcado" li "O grande mentecapto", "Cartas na mesa" e "Cartas perto do coração"! Gostei de todos! Sabino era um escritor de mão-cheia.

Soube - numa coluna do Arthur Xexéo - que Sabino parou de dar entrevistas depois do livro "Zélia - uma paixão". Sabe de algo a respeito?


Vai fazer muita falta.

Postagens mais visitadas