Malditos pedestres!



por Arthur, direto de Moscou






Ser pedestre em Moscou não é fácil. Antes de qualquer coisa você tem que encontrar uma calçada que esteja livre dos carros. É isso mesmo meu amigo, uma calçada sem carros! Pode parecer esquisito e fora do normal, mas por aqui os carros transitam pelas calçadas, param e estacionam sem qualquer respeito aos pedestres. Infinitas vezes já fui obrigado a dar espaço a motoristas e seus carros enquanto eu (maldito pedestre!) tentava caminhar em um local que julgava ser próprio para minhas pernas e meus sapatos apenas. E outras incontáveis vezes fui obrigado a andar na rua, dividindo espaço com os carros, porque as calçadas estavam ocupadas com os mais variados tipos de automóveis.O desrespeito dos motoristas é tão grande, que são eles é que chegam a reclamar quando estão dirigindo sobre a calçada e não conseguem um espaço ocupado por um pedestre.
Na semana passada, duas notícias sobre esse assunto que li no jornal me chamaram a atenção. Na segunda-feira, um homem foi arremessado a mais de 15 metros de distância depois de ser atingido por um carro que estava a mais de 100 km/h em uma das principais avenidas de Moscou. Dois fatos interessantes sobre isso: o carro que matou o pedestre era de um órgão governamental, e a polícia diz não ter pistas sobre o motorista ou o carro (conveniente); e não entendo como o motorista conseguiu estar em alta velocidade em um trânsito mais caótico que o de São Paulo durante o horário de pico. Na terça-feira, um motorista que estava com pressa decidiu usar a calçada para evitar a avenida congestionada. Mas apesar de ter buzinado insistentemente, alguns pedestres que estavam em seu caminho continuaram a bloquear sua passagem (malditos pedestres!). Qual a solução encontrada pelo motorista? Abrir fogo! Simples, fácil e eficiente. O motorista atirou com uma pistola em três pedestres que teimavam em ficar em sua frente na calçada.
Outra coisa comum aqui em Moscou é que os carros oficiais do governo, que para constar são BMW pretas de último tipo, normalmente abrem caminho no trânsito batendo propositadamente em carros de civis, o que acaba gerando muitos acidentes. Coisa de guerra mesmo! Se os próprios governantes não mostram a mínima decência no trânsito, o que esperar dos demais?
Os números são impressionantes. Até setembro deste ano, o número médio de atropelamentos com feridos e mortos registrado pela polícia ultrapassa os 80 por dia, em mais de 550 acidentes de trânsito diários. Já morreram mais de 600 crianças e 5.000 adultos em virtude da imprudência e desrespeito dos motoristas.
O mais intrigante de tudo isso é que nunca vi nenhum pedestre reclamar de qualquer motorista que invade seu espaço. E quando perguntei para alguns russos o que eles achavam sobre isso, a resposta foi sempre de que já estão acostumados. Esse conformismo irritante acaba sustentando as trágicas estatísticas de trânsito que essa cidade possui.

Comentários

Ricardo Soares disse…
Entro no comentário pois o espaço russo é da minha filha e do meu genro!!! como eles já foram apresentados em posts anteriores agora só publico os lances curiosos que eles mandam desde moscou. No caso desse chocante relato do Arthur o que me espanta é que possa haver um lugar no mundo onde se desrespeita mais o pedestre que o Brasil. Tô vendo que Moscou tá batendo um bolão nesse quesito...será que é coisa de novo rico isso ?? Trafegar sobre as calçadas é inacreditável se bem que aqui em São Paulo alguns motoboys aderiram a essa escrotidão faz tempo. Quanto aos carros na calçada infelizmente isso não é prerrogativa só de Moscou caro Arthur. A zona sul do Rio é igualzinha. Tenta andar no Flamengo, Catete, Botafogo, Ipanema, Leblon, Copacabana e outros bairros!! Tanto isso é verdade que um velho amigo meu adotou a prática de andar com um prego bem grande no bolso riscando todos os carros que estavam em seu caminho na calçada.Fez um belo estrago antes de voltar a São Paulo. Só posso pedir então como pai que está a distância que vcs tenham um baita cuidado com esses celerados...
Arthur disse…
O desrespeito dos motoristas ja nao nos surpreende mais, apesar de continuar me irritando. Continuaremos tendo muito cuidado para podermos sempre voltar a comer um arroz com feijao em sua casa! :)
abcs!
PS. Neste momento estao caindo os primeiros flocos de neve da temporada.
- Estrangeira disse…
Nossa!!! Mais do que no brasil?!
Tenho que dizer que aqui em sao luis do maranhao, exatamente no centro da cidade você vai encontrar tb carros estacionados encima da calçada...
sóq pelo jeito é bem pior lá...já q este circulam sobre ela... rsrsrsrs
até os agentes do governo nao respeita, e fora o conformismo...
onde isso vai chegar?! nao sei... no de sempre?!
Edna Federico disse…
Fiquei chocada ao ler, não imaginava que fosse assim...
Aliás, vemos cada dia mais o desrespeito dos motoristas no trânsito, é um horror.

Postagens mais visitadas