arepas em ibagué, colômbia

Cheguei hoje ao Rio de Janeiro para longa jornada de trabalho que termina no domingo de noite. Contarei mais detalhes por esses dias. Olho na foto desse blog pra minha filha na Rússia , vejo tempo nublado na janela e como uma bela língua com purê em um singelo e ótimo restaurante do centro do Rio. Aí abro meu pen drive para buscar um texto e vejo essa foto colombiana feita meses atrás em Ibagué, estado de Tolima, Colômbia. Uma senhora, no meio de um assentamento de refugiados da violência politica que reina na Colômbia, prepara arepas para sua comunidade. Arepas são o arroz -feijão colombiano de todos os dias. Quase um grosso pão prensado feito de milho tipico do país, a iguaria não agradou ao paladar dos meus companheiros de viagem. Eu, que para comer não faço muito luxo, sou fã das arepas desde minha primeira viagem à Colômbia em 2001.Acompanhadas de um molho tipico de tomate que eles preparam por lá elas são divinas... e viva os novos paladares! no Rio, na Rússia ou na Colômbia.

Comentários

Carolina disse…
oi ricardo, sempre passo pra ler seus posts, mas nunca comento... desculpa...
mas cá estou hoje para dizer um olá e que adoro ler seu blog...
bjos...
andrea disse…
Ah! Língua com purê...isso me lembra muito a Maria...quanta saudade! beijos
Iaiá disse…
Bom saber... Vou à Colômbia em breve, e lembrarei das arepas! Gde beijo!
leitora assídua... disse…
Eu também não faço luxo pra comer... e até experimentaria as arepas... Mas língua? urgh fico com o purê!!! rs

Deixo aqui um recadinho pra Andréa, ou melhor uma sugestão sobre o próximo post da Rússia... Que tal nos contar na próxima semana sobre as "eleições" do domingo?
Mais uma vez parabéns pelas informações sobre a Rússia e beijos pra vc!!
Salles McCarlley disse…
Señor McCarlley
Mi gustaria mucho esa arepa (agua en la boca)... Hay en Argentina??? Todo arreglado y sin soldado (rsrsrrsrs). Imaginate esos días... Así espero. Besos. Te quiero mucho y siempre.
Luciana Carvalho disse…
Eu não tenho frescura pra comer, até fiquei com vontade de experimentar as arepas, mas língua... tô fora.
Bjs
Vivien Morgato : disse…
eu sou meio esquisita pra comer, mas essa descrição aqui foi bacana.
Ricardo Soares disse…
a todas as simpáticas meninas que escreveram em português sobre as variações do meu cardápio carioca agradeço os elogios, os temperos e até mesmo às enjoadas que não gostam de língua...(rs)...quanto à enigmática e sedutora Salles McCarley creo que no tenemos arepas em Argentina. Pero tenemos cosas mucho más calentitas...tb te quiero una barbaridad...

Postagens mais visitadas