UM HOMEM RIDÍCULO


Chorar por cartas de amor é ridículo
pois não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

nunca escrevi cartas de amor,
Como tantas outros,
pois sou um ridículo

As cartas que não escrevi ,
me fazem ridículo
como ridículas são minhas reminiscências
Por não tê-las escrito

Mas, afinal,
não ter escrito essas
Cartas de amor ridículas
pouparam a humanidade de filhos ridículos
Feitos no calor da paixão que se suprime
Com o passar dos ridículos anos de convívio

Quem me dera no tempo em que não as escrevi
ter as certezas que tenho hoje
De que
Cartas de amor são
Ridículas.

A verdade é que hoje
não tenho memórias
Dessas cartas de amor
que são ridículas

pois sem as palavras esdrúxulas,
sem os sentimentos confusos,
e o derramar dos caldeirões ferventes
São minhas palavras ausentes que me fazem ridículo
Pois não experimentei o ridículo
de chorar por cartas ridículas

Ricardo Soares, pegando mote em Álvaro de Campos no dia 19 de novembro de 2007

Comentários

K. disse…
Ahhhh que triste....!!!!

sou rídicula sempre quando posso.

Plagiando o Llosa, com as Travessuras da Menina Má....

"Ricardo, me diga uma de suas breguices!"

o ricardo em questão é o peruanito.... personagem do livro...

mas, fale-nos sobre suas breguices, Soares! :P
As cartas ridiculas são lindas, mas a imagem realmente é RIDÍCULA!

APAREÇA!
Dani Vidal disse…
Eu li...
Li de novo...
e mais uma vez.

Nossa, como eu odeio ser ridicula. Por enquanto ser ridicula só é bonitinho em filme de amor...
E sabe o que é pior? Se ridicula é algo da minha natureza. Cartas de amor, suspiros, borboletinhas no estômago...
estou sempre me aprimorando e ficando cada dia mais ridicula.
Luciana G. disse…
Ricardo!!

Donde descolaste esta foto realmente... ridícula? rsrsrs

Depois dê uma passada lá, pra opinar sobre padrões de beleza, acho que já adivinho sua opinião...

Beijo!
leitora assídua disse…
O cara da foto é realmente ridículo... porém pela pose dele parece que está se achando o máximo!!!rs

Quando a ser ridículo ou não.... por mostrar sentimentos ou escrevê-los... é tudo muito pessoal. Cada um tem sua singularidade e prefiro respeitar!
Mas, nesse aspecto, se eu tiver que ser ridícula, serei gargalhando e sem neuras!

Amei a imagem do dia.

bjo
Como dizia meu amigo Nelsinho (aquele, o Rodrigues), "só os imbecis têm medo do ridículo". Aos poucos vou tantando deixar de ser imbecil... Parabéns pela escolha do poema!
Abs,
ML

Postagens mais visitadas