TV BRASIL

Agora são exatamente 18 horas e 15 minutos do domingão, 2 de dezembro. Para as telecomunicações do Brasil, hào de admitir os defensores e detratores do governo,é um dia histórico. Estou no rápido intervalo entre blocos da longa programação da revista Brasil, uma revista eletrônica de mais 12 horas, que lança a pedra fundamental da TV BRASIL, parte da EBC, Empresa Brasil de Comunicação. Esta revista lança a pedra fundamental do que será a TV Brasil que chega com força plena nos meses vindouros com propostas bem definidas de como deve proceder uma tv pública.O 2 de dezembro é histórico também porque marca a data da chegada da tv digital no país. Repito a amigos , leitores como o estimado Alexandre Core, e colegas como Sandra Gomes que nào entro na polêmica política da questão TV Brasil. Fui convocado por amigos queridos e profissionais competentes a ajudar a colocar no ar a primeira edição da revista Brasil. Nossa missão está no meio do caminho nesse momento em que lhes escrevo. Muitos ajustes tem que ser feitos mas o resultado, pela diversidade, não me desagrada.Se quiserem saber o que os telespectadores estão falando a respeito cliquem aqui , leiam e se for o caso emitam suas opiniões. Particularmente o que acredito ser necessário é construir uma tv pública que dê vez e voz a segmentos e programas que jamais teriam espaço em tvs comerciais além de incentivar programações regionais de qualidade , difundir a arte e cultura brazuca e tentar praticar um jornalismo independente. Quem viver vai conferindo , averiguando ou desconfiando como no caso do depoimento do escritor Joào Ubaldo Ribeiro que foi ao ar hoje no programa de estréia da Tv Brasil.

Comentários

Luciana G. disse…
Bem, vamos aguardar e vamos conferir.
O que queremos, todos, é uma TV pública capaz de revelar de verdade a diversidade cultural e capaz, principalmente, de capturar a afeição dos telespectadores, né?

Não esqueçamos que o público da TV aberta é a massa, classes CDE. Massa quer diversão. Espero que a TV Pública não foque apenas na minoria que NÃO precisa de uma tv pública de qualidade...

Boa sorte a todos!
Beijos
Patty Diphusa disse…
É isso, muito boa sorte. Estou na torcida.
Carolina disse…
Também estou na torcida de ver uma TV pública que tenha diversidade e bons programas para se assistir.
Bjos...
Sig Mundi disse…
Por enquanto não posso ver, mas já estou com pensamento positivo. Boa sorte! beijos, andrea
rm disse…
Chegar depois da LG é furada, ela fala tudo que tem de importante sobre o assunto.

Mas vamos lá: tirando o trololó interessa mesmo se os executivos, editore-chefes e principais produtores serão demissíveis ad nutum. Se forem não serão independentes nunca (assim como a TV comercial não pode prescindir do anunciante). Caso contrário corre-se o risco do corporativismo.

Em outras palavras, se correr o bicho pega...


PS: Patty, aqui você está muito mais focada que difusa...
Vivien Morgato : disse…
boa sorte e conta tudo por aqui.
Ricardo disse…
Ricardo,
Acompanho o seu trabalho desde o Metrópolis, em 1988. Fico feliz em saber que você está no projeto da TV Brasil. Minha tese de conclusão do curso de jornalismo será sobre a TV Brasil. Sobre como deve se estruturar uma rede pública de comunicação para responder a coisas como a digitalização, por exemplo. A BBC tem usado cada vez mais os recursos da internet para alcançar o público. Como funcionarão os conselhos. Como será a fiscalização do jornalismo praticado pela emissora. Espero que a TV Brasil conquiste o país. Falo de audiência também. Se ela for percebida como uma tv (ou ainda, um empresa pública de comunicação)da população e a serviço da sociedade, será difícil desmantelá-la por algum governo posterior. No que diz respeito ao jornalismo,gostaria de ver debates, entrevistas com perguntas abertas ao público e, especialmente, uma visão bastante crítica do seu próprio fazer-jornalismo. O que seria extremamente didático para a educação da cidadania. O que você pensa a respeito? O que se fala dentro da emissora neste sentido? Vocês já começam a sentir pressão dos radiodifusores comerciais? Eu teria um milhão de perguntas para fazer, mas por enquanto desejo a você e a seus colegas boa sorte. Todo país precisa de comunicação pública de qualidade.
Abraço, Ricardo Rocha.
Ricardo disse…
Onde está escrito "extremamente didático para a educação da cidadania", leia-se simplesmente "extremamente didático para a cidadania". Desculpe.
Anônimo disse…
nelsondesouza cpf 77615441749 rg 064730294
so novo dono tv brasil cenpre nelson

Postagens mais visitadas