O QUE FAZER COM ISSO ? (parte 1)


o que fazer com isso ? há momentos em que seus conceitos de cidadão honesto, justo , pagador de impostos embolam no meio de campo da existência... são os momentos em que vemos monstros como esses da foto e não entendemos como nos foge das mãos o senso mínimo de humanidade... esses monstros foram condenados ontem, juntos, a 169 anos de prisão pelo assassinato brutal do menino João Hélio que foi arrastado e estraçalhado pelas ruas do Rio de Janeiro quando o carro de sua mãe foi assaltado e ele ficou preso pelo cinto de segurança ao lado de fora da porta. Os monstros sabiam o que estavam fazendo. Eu não devia nem falar disso mas quando vejo criaturas como essa e motoboys boçais chutando espelhos e agredindo motoristas penso que , Dio Mio, a miséria não pode justificar assim tanta boçalidade pois podemos correr o risco de ser coniventes com bestas feras. O assunto é espinhoso... mas eu não sei o que faria com monstros como esses. Como pai e como cidadão eu não os queria amarrados perto de mim num dia em que eu estivesse de mau humor e esquecesse que sou civilizado.

Comentários

Jake disse…
Concordo, e como mãe e dona de instintos inerentes a essa condição. Tenho medo de pensar o que meus pensamentos fariam se tomassem a força da minha indignação.
Pode acreditar, a condenação é ainda muito maior que essa que foi martelada.
Sig Mundi disse…
Pensando emocionalmente: eu faria com cada um deles o que fizeram com a criança... credo!
bjs, andrea
leve&solto disse…
Quer saber? Eu não precisaria estar com o humor deteriorado pra manifestar toda minha ira!

Depois vem a "turminha" dos direitos humanos dando lição de moral...Visto que esse foi um caso horroroso e existem tantos outros que nem ficamos sabendo...
E o direito dos pais que perdem seus filhos abruptamente, como fica??

Mães, por questões que, aos olhos alheios, poderiam ser insignificantes viram leoas... Sofro só de imaginar!

Mara
Pablo Pamplona disse…
e é em momentos assim que chega o questionamento: o Homem tem futuro? não consigo pensar numa "civilização" com gente como esses garotos.

já disse um amigo meu: o básico do instinto animal é que o mais forte, mais belo ou mais adaptado seja levado pra frente e tenha mais condição de sobrevivência. A única racionalidade que poderia nos distinguir dos animais seria quebrar com isso, e a gente não quebrou. "Taí o progesso."
Thata disse…
rapaz, vim retribuir a visita e fiquei espantada! que currículo, hein? haha...e que blog! bem do tipo que eu gosto.
já virei freguesa.
bj
Ale disse…
cara, eu até comecei a bolar um comentário legal, mas voce falou tudo!

A única coisa que discordo é que, como disse a amiga alí, eu não precisaria estar de mau humor pra dar um sacode neles... e sacode não é um cascudo e um puxão de orelha...
Anônimo disse…
Data venia, DIREITO PENAL não serve para NADA!

talvez estejam pensando como pensava kANT...em que reconhecia a pena como algo inerente ao ser...MAS NÃO SE ESQUEÇAM QUE VIVEMOS NUM MEIO QUE FORA FORJADO PELA DESIGUALDADE SOCIAL, PELO INDIVIDUALISMO, PELA IMEDIATISMO...

Um grande abraço a todos!

sierratiete@hotmail.com

Postagens mais visitadas