Zé Dirceu na Rolling Stone

Nem tanto pela quantidade mas pela qualidade dos comentários em relação ao post anterior sobre Zé Dirceu eu resolvo hoje voltar ao tema. Todas as ponderações a respeito foram sensacionais, inclusive o agracecimento da blogueira K. que me pediu pra comentar o assunto. Hoje inclusive circula pela internet uma declaração de Dirceu negando ter dito certas coisas à repórter Daniela Pinheiro da revista "Piauí". Aliás, como era de se esperar em José Dirceu, que respeita todas as opiniões contanto que coincidam com as dele. Dirceu nega ter detonado o filho de Lula e nega ter acusado o Pt gaúcho de ter construído seu diretório com dinheiro de caixa 2. Prefere colocar dúvida sobre a ética da repórter do que assumir que disse o que disse. Um editor de "Piauí" saiu em defesa da jornalista mas essa não é a polêmica que interessa. Interessa é lembrar de novo a "inteligência " de Dirceu em inclusive usar a mídia a seu bel prazer dando declarações a determinados orgãos conforme as suas conveniências como é lembrado inclusive nos comentários do post anterior pela blogueira K. e o Marcinho Gaspar. Citei aqui como de certa forma nós de Rolling Stone também fomos usados ano passado pelo Dirceu. Quem tiver curiosidade em ler a entrevista feita há exatamente um ano com o "homem apressado demais" é só clicar aqui. E tenham bom proveito...

Comentários

Manyukeh disse…
Houve um dia que eu achei que o querido era "Cocô grosso", mas ele, não passa de um merdinha com pose de cagalhão.

Que dureza...

Beijos,
Many
rm disse…
Providencial esse novo post, Ricardo, para manter o debate iniciado no anterior...

Vou comentar aqui o que o precedeu para não tomar porrada da Patty e de outro sujeito que lá se pronunciou e (desculpe ) do qual me esqueci o nome...

Primeiro, reafirmo o que disse no blog da intrépida (e esta nem é a a melhor qualidade dela, rs) K. Acho que o ótimo jornalista (assisti ontem ao documentário que fez sobre a Colômbia) pegou leve demais com o chefe de quadrilha - bom, deve ter lá seus motivos.

Segundo, concordo com você, o comentário da K merece mesmo destaque.

Terceiro (Patty não se esqueça de que sou seu amigo, heim?), só depois da saída do Dirceu é que Lula pôde se tornar "chefe da quadrilha", mas o cappo anterior deve ter saído levando consigo um bocado de dossiês...
Marcio Gaspar disse…
RM: chamar Lula de 'chefe de quadrilha' é um absurdo total. Talvez sem perceber, vc faz o jogo das oligarquias nojentas que sempre mantiveram esse país na merda. São os donos da mídia, são os coronéis do nordeste, são os empresários feladasputa, são os mesmos de séculos e séculos. Lula tem defeitos, é lógico, assim como o seu governo, mas não há como esconder que este é o melhor governo que este pobre pais já teve. A história lhe fará justiça, tenho certeza. Contra a luz do SOl, não existem argumentos.
rm disse…
Prezado Marcio,

Tenho sérias dúvidas sobre os méritos do atual governo, inclusive quanto aos seus acertos, que, óbvio, existem.

Mas como você me explica que parte daquilo que chamou de "oligarquias nojentas", talvez sua parte mais nojenta, apoie, integre e se beneficie desse governo?
Marcio Gaspar disse…
RM, as tais oligarquias estão instaladas e arraigadas há séculos. Para desaloja-las completamente, precisamos, por baixo, de uns 20 anos de governo sério e comprometido. Sò que este governo (e qualquer governo), no Brasil, para viabilizar ao minimo este país, tem que fazer acordos escusos, tem que fechar os olhos pra certas coisas, tem que sujar as mãos um pouco, como se diz. Se não for assim, se resolver dar um 'golpe de foice', unico e certeiro nas oligarquias, o país pára. Seria o caos, a ingovernabilidade, a guerra civil. Lula propôs a si mesmo ser presidente, fazendo o que fosse possivel e engolindo sapos gigantescos. A outra opção seria a guerrilha, a clandestinidade, a revolução armada. Ainda bem que ele se propôs a isso; ainda bem que ele está lá. Eu não aguentaria.
Ricardo Soares disse…
pois é rm... só fiquei sabendo hj que a tv cultura repetiu ontem meu doc sobre a colômbia... ao menos se antenaram de que o assunto continua em voga ( e muita) e o doc bem atual já que foi finalizado e exibido entre junho e julho passado... ainda tem muito de inédito do material que trouxe da colômbia entre 2001 e 2007 ... aguardo a tv cultura reeniciar negociações com prováveis co-produtores para ver se todo o material colombiano chega aos cinemas... abs e estou adorando o embate entre vc e o marcinho...hehe... bons argumentos os de ambos...

many ... adorei sua escatológica exposição...kiss
rm disse…
Márcio,

É um prazer saber que há gente que apóie esse governo e consegue manter o nível do debate em termos respeitosos.

Na verdade conheço pessoalmente muitos integrantes do atual governo e sou amigo de alguns deles, mas, claro que nesse caso, apesar da amizade, considero-os suspeitos.

A eleição de alguém com as características e a biografia de Lula é, de fato, algo extraordinário, no Brasil e no resto do mundo. Mas não é a primeira vez, lembre-se do caso de Walesa na Polônia. A propósito, fez um governo medíocre por lá.

Me agrada continuar o debate mas escrevi sobre esse mesmo assunto no blog do meu amigo jornalista Marcos Rocha poucos dias atrás e, se me permitir o Ricardo, vou transcrever o link abaixo:

http://planogeral-marcosrocha.blogspot.com/2008/01/o-z-chefe-da-quadrilha-dos-40-ladres.html
Alexandre Core disse…
Zédiceu deveria levar uma bengalada em todo lugar aonde fosse. Não vale uma nota de 3 reais esse sujeito.

Postagens mais visitadas