com vocês ... CIRO MÃO SUJA !

Confesso que meu problema com o deputado megalô Ciro Gomes é pessoal. Assim sendo onde ele estiver eu estarei do lado oposto. Ciro Megalô me caloteou em 2000 e o primeiro calote a gente nunca esquece. Feito o lembrete advirto aos amáveis leitores que não é por isso que estou em posição contrária ao Megalô em relação à transposição do Rio Francisco. Conheço bem grande parte do Brasil que fica às margens do rio da unidade nacional. Desde a sua nascente na serra da Canastra até quando o rio desagua no mar em Alagoas. Por isso, por ter lido bastante a respeito (alguns dos melhores argumentos contra o livro estão em um livro do ex- deputado Marco Antonio Coelho)e também pelos que defendem o projeto eu sou totalmente contra a faraônica transposição. Ciro e sua verve de neo-coronelzinho sempre se colocou como defensor do projeto que não conseguiu erguer quando inoperante ministro da Integração Nacional. Como deputado (sempre agarrado aos países baixos do presidente Lula no afã de conseguir indicação para a sucessão ) passou a ser o defensor pitt bull do malfadado projeto e sempre metendo os pés pelas mãos como é do seu triste feitio.
Hoje mais uma vez o deputado megalô protagonizou uma cena patética ao bater boca com a atriz Letícia Sabatella e desqualificar o religioso que fez greve de fome contra o projeto. Penso com meus botoões que de tanto desqualificar os outros Ciro Megalô virou um desqualificado. Ou seria um tipo sem qualificação ? Depositem respostas no escaninho dos comentários . E peço perdão mais uma vez aos meus diversos amigos e amigas que vivem me dizendo para eu esquecer esse nefasto deputado e não ficar queimando boa vela com mau defunto. Mas eu não esqueço Megalô pois ele não nos esquece . Agora leiam abaixo o primor de declaração que Megalô Gomes deu hoje na Câmara a respeito da transposição...


O deputado Ciro Gomes (PSB-CE) bateu boca nesta quinta-feira no plenário do Senado com a atriz Leticia Sabatella por divergências sobre a manutenção das obras de transposição do rio São Francisco. Ciro disse que escolheu como opção de combate sobre o tema "meter a mão na massa e às vezes, [a mão fica] suja de cocô".

"Não sei se estou no mesmo lugar que o seu, mas é parecido. Eu, ao meu jeito, escolhi a opção de meter a mão da massa, às vezes suja de cocô, às vezes. Mas minha cabeça, não, meu compromisso, não", disse Ciro dirigindo-se à atriz Letícia Sabatella.

Comentários

Tava aqui pensando que a vida é mesmo bem irônica: você trabalha há tanto tempo no jornalismo, essa área em que os calotes não são raros, e foi levar o primeiro justo numa campanha política que deve ter arrecadado rios (São Francisco?) de dinheiro.

Nem sei se consigo imaginar a sensação de trabalhar duro e levar um calote de 50 mil. Só espero que você continue cobrando esse sujeito, mas sem deixar que essa história te irrite a ponto de comprometer sua saúde. Não vai ficar doente por causa dessa cara!!!

abraços,

Fernando
Ricardo Soares disse…
doente eu não fico fernando... mas que me incomoda o desrespeito que esse cara teve comigo e com outras pessoas isso incomoda. Principalmente porque ele posa de paladino da justiça e de bom moço quando não cumpre seus mais básicos requisitos de bom cidadão que é ter educação e respeito ao próximo. Especialmente se o próximo lhe fez um trabalho longo e exaustivo. Calote de 50 paus não é fácil , especialmente quando ele foi no ano 2000. Quanto não vale isso hj ? para espairecer só mesmo visitando seu blog e se deliciando com as dicas e receitas que vc e sua mulher nos passam... abraços, sempre bom receber sua visita.
to tomando mais e mais gosto pela coisa ..
já postei mais um hj rsrs
Bom, a cirurgia é de vesícula.. dizem que é simples ( assim espero!!)..
Não estou agradando desses tais "entas" não!! Cada hora é uma coisa srsr e para completar... leia no post que vai saber das última srsrs agora estou em mais um dos seus grupos srrs
beijocas
Salles McCarlley disse…
Desde ontem eu sabia que esse seria o seu mais novo post. Beijos e saudades. Je t'aime

Salles McCarlley
Sig Mundi disse…
Só que nesse pacote, onde está o Megalô dá pra colocar mais um monte de políticos, não!?

bjs, andrea
A Outra disse…
Não sei se sabe, mas na região do semi-árido, por onde o rio passará/passaria com a transposição, muitos fazendeiros estão comprando faixas de terra de ingênuos produtores de subsistência... e estes indo para "a cidade grande" mendigar bolsa-família.
bjs!
Anônimo disse…
Meu Caro Ricardo,
esse é o tipo de linguajar chulo,arrogante e prepotente dos Ferreira Gomes.O irmão dele,o internacional VIP GOMES(Cid já era!)está sempre soltando umas pérolas aqui pelo meu Cearazim de jatinhos fretados para o governador passear pela Europa em pleno carnaval.Deus nos livre desse Ciro presidente do Brasil!O irmão dele já está dando ré em tudo que é índice de desenvolvimento por aqui.Ô desgraça!
Guilhermina Gurgel
c.k. disse…
Ricardo:
Andei lendo o seu blog sobre a transposição do São Francisco e acabei lendo mais sobre o assunto. Realmente não se tem um estudo sobre o impacto que menos água traria para o São Francisco nem como ficaria afetado o ecossistema da bacia que receberia os canais. Criativa que sou, tive uma pergunta simples vinda de minha mente: por que, ao invés da transposição do São Francisco, o Governo Brasileiro não faz canais para a transposição das águas do Oceano Atlântico para o Sertão ? Acredito que hajam técnicas para desalinizar esta água, e, em termos comparativos, a água que seria retirada do Oceano para o sertão do Nordeste não tem um volume tão grande se compararmos com o São Francisco. Realmente não sei se já pensaram nisto... Mas é uma questão que surgiu em minha mente e que gostaria que fosse levada em pauta.
Abraços.
:)
c.k. disse…
É incrível, às vezes, como a gente se comporta.
Eu andei mesmo lendo sobre as obras de Transposição do São Francisco. Deixei um comentário anterior.
A gente acha que, com uma simples idéiazinha, pode querer dar pitaco no que os engenheiros já pensaram, e muito. Andei olhando um mapa sobre as obras, http://www.integracao.gov.br/saofrancisco/imagens/projeto/eixos2.jpg . Eu, como simples brasileira que sou, achei que poderia ter descoberto um jeito de deixar o ovo em pé, em relação às obras lá da Transposição. Muitas vezes, a gente é levado a achar algo que não tem o gabarito de achar. Se os engenheiros estudaram a melhor forma, não sou eu, num insigt, que vou resolver tudo isso, né ? Imaginei um canal mais ou menos reto, como estava ilustrado na wikipédia. Mas o que o projeto está propondo é interligar rios, e, com isso, manter um fluxo de água maior, como no canal leste, que vai ligar o rio Paraíba com o São Francisco. Ou no canal Norte, que irá ligar 4 rios (Piranha, Jaguaribe, Apatã e Brígida) com o S.F. A gente tende a achar tanta coisa que nem sabe como o projeto está sendo pensado de fato. Peço desculpas por minha inocência.
Abraços,
Claudia Kampf.

Postagens mais visitadas