DEVASTAÇÃO TOTAL

1981... jovem repórter da Bloch Editores eu chegava à Amazônia pela primeira vez .Percorri Goiás, o que é hoje o Tocantins, mais interior do Maranhão e do Pará para fazer uma série de reportagens para a revista BOLÉIA , dirigida aos caminhoneiros do Brasil. Além da óbvia constatação que as estradas eram péssimas, além da constatação da diversidade da Belém- Brasília e da precariedade da Transamazônica uma imagem jamais saiu das minhas retinas. Em 1981 dezenas e dezenas de caminhões enormes percorriam essas estradas todos os dias carregando toras enormes de madeiras nobres. Estarrecido percebo que esse fluxo continua e continuou desde então e fico imaginando quantos milhares de metros cubicos de boa madeira foram tirados daquelas regiões que percorri desde então. Pior : o governo que eu esperava fosse ter uma postura diferente em relação a essa barbárie tem feito muito pouco e a figura da ministra Marina Silva me parece mais decorativa do que efetiva e peremptória nesse contexto.
Por esses dias a situação está tensa e conflitante em Tailândia ,235 quilometros de Belém, onde madeireiros especuladores, aliados a bandidos, fazem ameaças e promovem a sublevação dos moradores contra fiscais do Ibama que tentam tolher a sanha de madeireiras clandestinas. Marina Silva diz que o governo não teme os protestos de madeireiros e donos de serrarias e que seguirá adiante a operação "Arco de Fogo" e outras medidas de repressão aos crimes ambientais. Ela quer no entanto evitar confrontos com a população que está manipulada pelos especuladores. Vamos ver até onde vai a autoridade da ministra pois a postura do presidente Lula tem parecido até agora ser a de autorizar sempre desautorizando a sua ministra do Meio- Ambiente. Como se ela , oriunda da floresta, fosse apenas um bibelÔ ideológico politicamente correto para ser mostrado nos salões internacionais enquanto os neo liberais do governo derrubam a floresta amazônica. Sem entrar nos méritos dos acertos e erros de Marina ela é ou não uma peça decorativa ?

Comentários

El Deme disse…
Si se acaban los bosques, se acaba la vida. Cada árbol que cae es menos aire para respirar.
He leído tus comentarios sobre Tropa de élite (6-10-07),ok!!!
Un saludo desde Madrid, Ricardo!!
Decorativa e feia!

"Você pode se distanciar de quem está correndo atrás de você, mas não do que está correndo dentro de você."
Provérbio Ruandês
Sig Mundi disse…
Quando tudo estiver destruído pode ser que tentem fazer algo. Se bem que pensando bem, acho que vão procurar outras coisa pra continuar destruindo.
Consciência, pensar no próximo, pensar no conjunto, no todo, Existe?

beijos, andrea
Anônimo disse…
É a típica bonequinha russa, várias caras e o mesmo discurso. Ou a mesma cara e vários discursos ocos. Vai lá saber. Chico Mendes não sentiria nojo dela, assim como de outras bonecas e bonecos russos, com barbas ou imberbes, engravatados e com cuecas repletas de tostões bons...

E quando ninguém desce a madeira, é a madeira que escorre pelo cano da esculhambação chamada Brasil.

Grande abraço, professor!
Apareça!
Germano.
www.clubedecarteado.blogspot.com
Anônimo disse…
Corrigindo:

"Chico mendes sentiria nojo..."

Germano.
Michele Prado disse…
"O homem não teceu a rede da vida, ele é só um dos seus fios. Aquilo que ele fizer à rede da vida ele o faz a si próprio".

Infelizmente essa situação cresce cada dia mais e as politicas públicas existentes não garantem o desenvolvimento sustentável. Além do corte ilegal de àrvores na região, não podemos esquecer que a pecuária também tem sua responsabilidade na devastação de florestas.
Bob disse…
Que a ministra está lá como decoração é inegável. Uma solução só vai ocorrer quando der mais lucro preservar do que destruir. As algumas vias para isso hoje, turismo ecológico, biotecnologia, mercados de carbono entre outras. Enquanto elas não virarem realidade viáveis nestas regiões as arvores iriam continuar caindo.

Postagens mais visitadas