TODO PROSA

Minha foto

Escritor, jornalista, roteirista, diretor de tv. Dirigi, apresentei e escrevi para a  TV Cultura, CNT/GAZETA, BANDEIRANTES, MANCHETE,  Rede SESC/Senac,TV Brasil, TV Pública de Angola, TVT-TV DOS TRABALHADORES, GNT entre outras. Editei as revistas RAIZ, TRIP e HV e fui conselheiro editorial da Rolling Stone e um dos criadores do programa METRÓPOLIS da Tv Cultura do qual fui o primeiro apresentador. Fui repórter do Caderno B do JB e tomei parte da equipe fundadora do Caderno 2 do Estadão. No mesmo jornal fui cronista de 1993 a 1998. De 98 a 2001 fui cronista do Jornal da Tarde.  De 1998 a 2005 dirigi, escrevi e apresentei "Literatura" e "Mundo da Literatura" exibido em várias emissoras abertas e fechadas. Sou co-autor das peças "Olho da Rua" e "Quatro Estações". Autor de sete livros publicados como CINEVERTIGEM (ed. Record) e os infanto-juvenis VALENTÃO, O BRASIL É FEITO POR NÓS ?, DIA DE SUBMARINO e FALTA DE AR. Co-autor de outros tantos. Dirigi mais de uma dúzia de documentários e séries documentais para várias emissoras de tv. Publiquei todos os dias durante um ano em www.revistapessoa.com o 365- Diário do Anonimato do Mundo. Uma história por dia. Cada dia um lugar do mundo. Escrevo duas vezes por semana para a revista digital  Dom Total em www.domtotal.com . Entusiasta da comunicação pública também fui gerente de produção da TV Brasil e diretor de conteúdo e programação da EBC.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

quando surgiu a pipoca de microondas ?

Puro besteirol ,pura quirera, pura quimera, mas puro divertimento. Nos caudalosos e simpáticos comentários (abaixo) sobre a minissérie "Queridos amigos" de Maria Adelaide Amaral surgiu um forte e pungente debate : em 1989 havia pipoca de microondas ? em 1989 eram comuns os microondas nos lares brasileiros ? a questão foi levantada por Patricia Kogut em sua coluna no jornal O GLOBO e também por esse modesto blog. Diante de tão fundamental questão continuo pedindo ajuda aos meus leitores. Quando surgiu o microondas e a gordurenta pipoca de microondas já que numa das cenas de "Queridos amigos" um simpático transsexual faz pipocas de microondas para petizes pentelhos em pleno 1989 ?

18 comentários:

G disse...

ão tenho muita certeza. Talvez houvesse microoondas, mas eram produtor importados, se existiam, eram raros no Brasil

Sig Mundi disse...

Hahahahaha, mas você hein!!!

“Em 1947 a Raytheon apresentou o primeiro forno de microondas chamado “Radarange”. Este microondas pesava cerca de 340 Kg e possuia cerca de 1,5 m de altura. O preço era entre US$ 2000 e US$ 3000 e era vendido para estabelecimentos comerciais. No final da década de 60 começaram a ser comercializados com sucesso fornos microondas domésticos (com as dimensões atuais) com preços de US$ 500. O forno de microondas doméstico, tornou-se popular em escala mundial nas décadas de 70 e 80.”

Não interessa preço e sim a data. Agora o "lá de casa", ainda não vou dar o braço a torcer kkkkkkkk

bjs enormes, andrea

Anônimo disse...

Pasando por aqui, fiquei curiosa, e espero ajudar.

O primeiro alimento a ser feito em um forno microondas foi a tradicional pipoca. Em 1946, a empresa em que Spener trabalhava, Raytheon, patenteou o processo e em 1947, construiu o primeiro forno microondas da história. Esse forno pesava 340 kg, tinha quase 1,70m de altura e produzia uma enorme radiação, quase três vezes mais do que a radiação normal de um forno microondas moderno.

Abraços, Cleide

Salles McCarlley disse...

Andréa, esse recado é pra você. Olha desde ontem tento convencer o cabeça dura de que ele tá errado. E tá mesmo. Por isso pergunto se você não quer formar comigo a seguinte corrente: "Ricardo Soares, peça desculpas!!!". Aliás, aqui quem vos fala é Salles McCarlley. Você sabe quem é, não é? A miúda de Fortaleza... É que é assim que fui vulgarmente alcunhada pelo pança. Beijos e saudades

Germano V. Xavier disse...

Vixe, precisamos abrir uma CPI para averiguar!!!

Abraços, professor!

Germano
www.clubedecarteado.blogspot.com

Ricardo Soares disse...

g... é isso que digo ! se existiam os microondas eram caros e raros em 1989... coisas para nossa riquinha salles mccarley...

andrea e salles...nem adianta virem com complô contra mim ... reitero que em 1989 não havia pipocas de microondas no brasil ... e na minha casa o microondas só chegou em 1992... jamais pedirei desculpas por vossos erros... beijos às minhas queridas...

cleide... andrea tentou mas foi vc quem deu as informações mais substanciosas sobre o assunto...sou grato a vosmecê... beijo

germano...as meninas estão tentando uma cpi mas vou obstruir a votação...abs

INIT disse...

Final de 80 tinha microondas lá em casa mas lembro que não era muito comum, todo mundo achava que era aqueles forninhos comuns, ele era importado, aqueles de botão que gira sabe, marrom e a unica opção eram os minutos.
Meus pais sempre trabalharam fora e muuito, então a única opção eram congelados.
Eu estava no primário ainda e assim como hoje não tinha noção de cozinha....rs
Agora pipoca.....

INIT disse...

ah Ric e antes que vc venha me zoar, eu não era riquinha tá!!!!

beijos

Salles McCarlley disse...

Presta atenção... No seu texto você diz que a pipoca de microondas não existia de jeito nenhum. Agora tenta engabelar a CPI dizendo que não existia no Brasil. Não vai escapar pela tangente. Você é jornalista: Escreveu o pau comeu! Pede logo desculpa, macho! Pelo sim pelo não vou dar crédito a Andréa. Ela é ariana e você geminiano. Besos calientes.

Salles McCarlley disse...

E pára de me chamar de riquinha!!!!!

Pluft disse...

Isto aqui tá bem bacana: divergência com bom-humor e educação. De quebra; boa informação.


Pluft (eu, heim boi?)

Ana Paula Siqueira disse...

kakakakakakaka
Só vc mesmo, meu querido Ricardo!!!
Quantas controvérsias!!
Olha, tô achando que você vai ser voto vencido!! Em 1989 eu morava nos states e lá isso tudo era muito comum. Aqui sei que existiam os fornos, já as pipocas não posso garantir.Mas como disse Salles, em seu texto vc nega a existência do aparelho, aqui no Brasil..Com a ajuda de nosso "querido" FCM, abriu-se o mecado para esses agrados, como diria minha avó, e imagino que a pipoca tenha se tornado algo presente nas famílias brasileiras (de classe média).
A questão é a seguinte: neste momento todos os membros da ONU, OPEP, Red Cross, FBI, CIA, FMI, ALCA, ETA, KGB,IRA, NASA e afins encontram-se reunidos para decidir o seu destino!! Acho melhor você ir se preparando para um eventual pedido de desculpas hihihihi ou a coisa pode ficar feia para seu lado! rsrsrs
Amei o FORUM YOKI!!
beijosssssssssss

Carol Rocha disse...

Isso eu não sei, só sei que a de queijo deixa o prédio todo fedendo. rs
Mas é boa.

Sig Mundi disse...

E aí? Vai continuar insistindo que não tinha microondas?
E já provei por a + b que o treco já existia, você que não tá querendo ver... hahahahha
E não importa se que tinha era rico ou pobre, o fato é que existia. E não joga a conversa pra pipoca não. Tem uma matéria na Superintersesante, que conta como o cara que descobriu o microondas (Raytheon) já testava a pipoca nele. Hahahahahahah

Pára de pegar no pé das produções...

bjs, andrea

Sig Mundi disse...

Voltei! Vai pedir desculpas? Ou então, um me enganei!

kkkkkkkkkkkk

andrea

Anônimo disse...

E quanto à greve dos controladores de vôo, também mencionada na minissérie como fato ocorrido, sabem de alguma em 1989?

Luiz Nei Andrade disse...

Comprei um microonda sanyo na Loja Mesbla da minha cidade em 1986, não lembro o preço, funciona até hoje esta vivo e tenho de prova toda a família. A compra na época fez sucesso lá em casa. Tenho dois motivos para fazer o comentário, o primeiro foi a data da compra e outro é que estava a cata de uma foto de saco de pipocas para microonda, hehehhe tudo por causa de um estudo americano (alias eles tem estudo de tudo)de um tal de ácido que cobre o interior dos sacos de pipocas conhecido por PFOA, que para os animais de laboratório depois de um certo tempo estão ficando estéril, que tal essa, heheheheh

anita sereno disse...

ola eu nasci em moçambique e digo-te que só tenho um microondas a 4 anos sim 4 anos e é meu mesmo tinha antes mas nao era meu era repartido mas na realidade pouco ou nada utilizo
ate me custou barato na worten e so custou 150 euros com o tempo ja nada cera caro cada vez vejo mais lindos e caros mas muito modernos!!!! lindo debate beijos menina boa sorte para ti e muito sucesso

Meus livros

Meus livros
CINEVERTIGEM

O BRASIL É FEITO POR NÓS ?

VALENTÃO

FRANGUINHO SEBASTIÃO

DIA DE SUBMARINO

DIA DE SUBMARINO
DIA DE SUBMARINO

FALTA DE AR

FALTA DE AR
FALTA DE AR
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo do blog

Seguidores