ESSES MOÇOS

No país da delicadeza perdida não é todo dia que o cinema humanista aporta nas telas grandes. Eu não vou emitir juízo de valor sobre o filme “ Esses Moços” do cineasta baiano José Araripe Jr. até porque sou um dos roteiristas do filme e seu diretor é meu amigo e colega de trabalho. Só tenho a lhes dizer que o filme fez curta temporada em várias capitais brasileiras e ainda não estreou no Rio de Janeiro o que esperamos que aconteça em breve.
O que quero é lhes convidar a assistir ao filme, se cariocas forem, e a dar uma olhada no trailer que está disponibilizado logo na entrada do blog de “ Esses Moços”. É só clicar aqui.
O filme que tem ingredientes muito especiais onde se misturam crianças , um velho palhaço e moradores de rua e foi rodado na pouco conhecida Cidade Baixa de Salvador. Foi das minhas poucas investidas no roteiro de cinema que foram concluídas. Mas isso é outra historia para outro post. Conheçam pois mais sobre “Esses Moços”.

ps. ontem de noite, após ter escrito esse post, encontrei-me no jantar com o Araripe que me deu um discreto puxão de orelhas : "Ricardão, legal o post, mas você provou com ele que não viu o filme". E o que quis dizer o Arara com isso ? simples ... como diria o poeta Wally Salomão "a memória é uma ilha de edição" e , às vezes, uma ilha de edição que confunde tudo. Outro filme de Araripe (Mr. Abrakadabra) tem um mágico chapliniano como protagonista. Ele é vivido pelo grande ator Jofre Soares, já falecido. Confundindo um pouco o velhinho Diomedes de "Esses Moços" - que na verdade é um músico - com o personagen de Jofre e mais o fato de que originalmente o argumento de Araripe tinha um mágico eu misturei todas as bolas. Até porque o roteiro foi escrito no já distante ano de 2001 em plena paradisíaca cidade de Lençoís na Chapada Diamantina. Eu simplesmente podia ter corrigido a informação ,trocando o mágico pelo músico, mas em consideração ao Araripe e até para me justificar resolvi contar toda essa historieta um dia após o post publicado.

Comentários

INIT disse…
Olha, bacana Ric!
Acabei de ler tb seu post sobre o seu fim de semana, adorei, bem observador e engraçado vc!
Beijos.
Frederico disse…
Assisti esse filme no Festival Latino Americano de Cinema que ocorreu ano passado no Paraná. Achei o personagem do velhinho meio forçado as vezes foram arrebatadoras. A locação do filme também é muito boa. No geral é um filme bom para as condições que foi feito, mas não tem nenhum destaque, fora as atrizes.
El Deme disse…
Ojalá llegue esta película a España...un saludo, Ricardo!!!

Postagens mais visitadas