CENA CARIOCA, RONALDO

Não se trata aqui de falar do escândalo da semana, de tergiversar sobre a vida privada de uma celebridade ou de conjecturar o quão otário foi o jogador famoso ao levar pra o quarto de um motel carioca três travecões feiosos. O que quero registrar é a cena diante de uma banca de jornal na rua Gustavo Sampaio no Leme. Eu e meia dúzia olhando as manchetes dos jornais sobre o caso e ali mesmo se iniciou um tribunal divertidíssimo onde alguns condenavam e outros absolviam o craque com comentários muito bem humorados. Ao me ver dar pitaco no assunto junto com os outros senti definitivamente que estava ficando mais carioca que paulista não só pela irreverência que envolvia tudo aquilo como belo bom humor não moralista que permeava os comentários. Um tribunal de rua tão engraçado diante de uma banca de jornal jamais tinha visto na minha cidade natal.

Comentários

toda pura disse…
Então, experimenta mais: média com pão e manteiga na padaria,cedinho; Crack dos Galetos, na Prado Junior, tarde da noite; madrugada na Viveiros de Castro quase esquina com Princesa Isabel (tem uma picanha ótima ali!); Sats Galeto(nham nham...)na Barata Ribeiro (ao lado do Cervantes); andar pela orla de Copacabana, à noite, até a Help; jogo do Flamengo no Butesquina, na Sta Clara com Cinco de Julho; Bar do Zeca na Rua Ceará (Pça da Bandeira) nas noites de 6a. feira.
Tudo isso, claro, com olhos atentos à fauna humana que por ali desfila.
Baby, ouso prever que você não volta pra São Paulo!
Isa Ijano disse…
HAHAHAHAHAHAH ... Pior que também tenho tirado várias desse assunto do Ronaldo, o humor carioca da minha família ahahahaah .
Afinal, levar este assunto a sério seria sacanagem, e como disse o comentário acima, "ouso prever que você não volta para São Paulo! "
Hahahahah .
Beijos !
Mr. Fart disse…
Quer coisa melhor, em D. Quixote, que os juízos de S. Pança?
Abraços!
poetriz disse…
Eu não costumo frequentar bancas de jornais, mas normalmente quando converso com amigos sobre essas manchetes sempre saem mais piadas que coisa que se aproveite.
SP é cinza, concordo, mas nem todo mundo o é.

Bjs!
Anônimo disse…
Que lindo retrato do Rio, Ricardo. Um poema este insight de esquina.

toninho vaz

Postagens mais visitadas