PANTANAL SUPERLATIVO

Esqueça tudo o que você ouviu falar sobre o Pantanal. O Pantanal é superlativamente mais do que tudo aquilo que você ouviu falar. Além da exuberância e da vegetação, a extensão pantaneira espanta qualquer marinheiro de primeira ou segunda viagem ( como eu ) que por lá se aventure. Você anda de Porto Jofre ( de onde saímos em 26/07) até Cáceres ( onde chegamos em 2/08), passando ao lado da fronteira boliviana, e atinge mais de 1000 kms de viagem por rios , canais, corixos, baias rodeadas da impressionante cadeia de montanhas da Serra do Amolar .Pois vocês sabiam que o Pantanal tem montanhas, algumas bem altas ? Pois tem e elas nunca são mostradas nesse Pantanal cosmético que a tv brasileira insiste em mostrar em repeteco da novela Pantanal no SBT ou o pantanal protocolar de jacarés e tuiuius da Tv Globo que guindam alguns repórteres idiotões à condição de Indiana Jones caboclos rumo ao desconhecido. Ora, o Pantanal embora relativamente bem preservado, já foi devassado por toda sorte de exploração fotográfica e marqueteira e restam alguns pontos pouco visitados como o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense com sua esplêndida Baía dos Burros. Para quem como eu tem que realizar três pequenos documentários sobre a conferência Mundial de áreas úmidas que aconteceu em Cuiabá e mais a expedição que alguns cientistas fizeram até o Pantanal constitue-se um grande desafio não repetir imagens e textos óbvios sobre a superlativa beleza e diversidade do Pantanal, a maior área úmida do mundo que vem sendo ameaçada por plantio irregular de soja nas cabeceiras dos rios, assoreamentos, mineração , crescimento das cidades às suas margens, pesca predatória e outros perigos. Para o Pantanal permanecer como é e não piorar é preciso estar sempre alerta. Enquanto esses documentários estiverem em gestação voltarei a falar do assunto nesse blog. Por enquanto fiquem com algumas fotos feitas por Jorge Machado, um dos competentes produtores que me acompanharam nessa viagem . A outra foi Juliana Leonelli que em breve terá suas lindas fotos expostas nesse modesto blog.

Comentários

Adriana Lemoz disse…
Salve Ricardo!
Que bom ler o seu blog, tudo bem com vc?!
Foi um prazer ter conhecido a sua equipe e você - que é muito simpático apesar de ter uma cara sisuda às vezes (risos).
Envio por email algumas fotos que fiz da equipe!
Um abraço,

Adriana Lemoz
Deh disse…
Muito bom passar por aqui de novo..
Fotos maravilhosas, e o seu texto me deixou ainda com mais vontade de conhecer o Pantanal...
beijos
Deh
solemescorpiao.wordpress.com
Ricardo Soares disse…
adriana ... obrigado pelo simpático e pelo sisudo!!! que contraste hein ??? obrigado pelo envio das fotos e tb foi bom conhecer vc...abs
ricardo

deh ... que bom que o texto e as fotos lhe aguçaram a vontade de conhecer o Pantanal , um paraíso que deve ser preservado e vigiado de mãos e olhares predadores... tomara que vc o conheça logo...bj
Geraldo disse…
Ricardo
Conheci o Pantanal em 1990 e descobri que não há um Pantanal, que existem vários "Pantanais".
Indo por Mato Grosso do Sul é uma história, chega-se ao badalado "Bonito" que é lindo demais e outros.... Indo por Cuiabá, através da estação de Poconé, encontramos um outro "Pantanal", com pouquíssimos tuiuús e muitos jacarés (não, não estão em extinção!)
Imagino o Pantanal um país dentro de um país e que, à cada visita, percebemos um "mundo novo" (além de ser a maior área úmida do planeta).
Imagino que se você voltar lá amanhã vai de deslumbrar igualmente e perceber que temos muito do Pantanal e do Brasil a desbravar
Abraço
G.
Ricardo Soares disse…
geraldo... o pantanal é um pantanal dentro do outro...
abs

Postagens mais visitadas