Flagrante mirabolante

Chove no Rio , também surgem ondas de mormaço, o trânsito pára , os arrastões se sucedem na avenida Brasil e há ameaça de desabamento em encostas de Petrópolis. O mundo aspira ares novos pensando ser Obama um novo fluxo de ar e esperemos, pois, que ele corresponda às expectativas no momento em que nos enche de alegria ver o belicoso Bush Jr. partir em um helicóptero rumo ao seu rancho no Texas. No Brasil idiotas de plantão já começam a plantar a cizânia dizendo ser golpe Lula pleitear um terceiro mandato. Mandam-nos torpedos inúteis todos os dias via SMS e a televisão nos oferece em seu "novo" cardápio uma novela ridícula onde indianos fakes falam português e desqualificados rebolam no asqueroso BBB. Tudo como dantes diante de nossos dentes ? Continuamos a dormir mal nas cidades grandes, cães ladram e mordem , igrejas desabam literalmente incluso em seus preceitos morais. Jornalistas engalfinham-se em duelos egoicos, programas perdem a audiência e eu , tu , nós, eles , perdemos a paciência. O século 21 corre solto , cloaca aberta atingindo os elementos e eu pulverizo imagens tentando saber que imagem tenho de mim mesmo. É uma tarde nublada no Rio de Janeiro e eu não enxergo os horizontes...

Comentários

leve&solto disse…
Por que será que seus textos "desabafo" são os melhores???

Hummm... seu lado crítico-cítrico (no bom sentido rs) mais uma vez obrigando seus leitores/amigos a refletir.

Muito bom!

bjs
Jimmy disse…
Hey, isso foi bom!
Carlos Walker disse…
Feliniano escritor! super abraço!

Carlos Walker
www.bligig.com.br/mitografias
Luciana G. disse…
Calma, depois da tempestade vem a bonança...

Esqueceu que Obama vai consertar o mundo em seis dias e descansar no sétimo? rsrs



Beijo!
Denise do Egito disse…
Há quantos anos a Praça da Bandeira, no Rio, inunda sempre que chove? Por que será que não aparece um prefeito que dê solução a isso?

Bj
angelo alfonsin disse…
Dá-lhe, Ricardo, um texto que se lê de quem sabe escrever como você é uma facada no coração, cheio de sensibilidade, uma fotografia do cotidiano digna de um repórter raro e competente.
Thalita Araújo disse…
Ricardo, se vc fosse mulher, diria que foi atacado por uma truculenta TPM! hehehhe brincadeiras à parte, truculento é o mundo e as dores são todas pertinentes. E nos momentos em que a gente não se enxerga, nenhum horizonte está ao alcance... Beijo!
Groo disse…
Lembra da dança do ventre e do "Ishi Alá" popularizados? Espere que a Índia é logo ali. Mas o que importa é que o Ronaldo Fenômeno de marketing cortou o cabelo por 15 conto. Isso me faz esquecer o quão mal eu durmo na cidade grande, que igrejas despencam sobre fiéis e que o Bush dedica-se agora aos asininos.
Ricardo Soares disse…
Muitas vezes a gente solta a verve, sem auto- censura de nenhuma espécie, e dá de cara com uma série de comentários muito generosos como esses que reforçam a tese de que - a par do gosto que sempre é subjetivo- vale a pena continuar escrevendo. MESMO naqueles dias em que a gente acha que nada vale a pena... thanks meus queridos... vcs melhoraram o meu dia...
Tenho pra mim que essa novela da globo deve estar pautada numa entrada deles no mercado de lá... E tem gente que ainda acha que eles pensam em discutir culturas diferentes... é a mesma baboseira de sempre.

Parabéns pelo texto, Ricardo. Ficou uma construção diferente e interessante.

Abraço
Rê Ruffato disse…
Grata surpresa, seu blog.
Voltarei e espero encontrar tempo bom por aqui (nao que o nublado nao renda excelentes textos, não é que o cinza inspira?)
beijos

Postagens mais visitadas