CLODOVIL HERNANDES

Os católicos do mundo em geral e os brasileiros em particular tem a mania de santificar os mortos. Morreu , vira santo e pronto. Partindo do respeito a esse preceito(com o perdão da rima)não vou atirar pedras em Clodovil Hernandes, dublê de estilista, apresentador de tv, comunicador e político. Quero apenas registrar que Clodovil era dessas pessoas que a par sua ironia e perspicácia e certa dose de talento dirigido dava a forte impressão de concentrar fartas doses de energia negativa. Era um ser humano abraçado ao próprio rancor. Um dos primeiros personagens de quem fiz um longo perfil na vida ( na finada revista Ele&Ela em 1982)passei alguns dias com ele acompanhando suas frenéticas atividades num ateliê que tinha na avenida Cidade Jardim em São Paulo. Também acompanhei as gravações e bastidores do programa que ele então fazia na tv Bandeirantes. Recordo-me de uma noite em que do lado de fora do estacionamento da emissora, dentro da luxuosa van do Clô, ele ter reunido asseclas, amigos e vários integrantes de sua equipe para vociferar um raivoso discurso conspirando pela queda do então diretor do programa que era Maurício Sherman. Até aí nada que seja novidade nos bastidores da televisão mas o que espantava era o grau de agressividade do seu discurso jocoso sobretudo porque estava sendo feito diante de um estranho que era eu que ali estava para traçar o perfil do sujeito. Não me lembro se me referi a esse episódio na matéria que posteriormente escrevi. Mas lembro que por ela ser longa consistia numa caudalosa abertura e depois longa sequencia de uma entrevista ping- pong totalmente gravada porque já haviam me alertado que Clodovil poderia posteriormente negar o que disse. E não deu outra. Reproduzi fielmente o que o estilista me respondeu e quando a entrevista saiu só me lembro de um desaforado telefonema que ele me deu dizendo :

--- Eu só poderia esperar isso de uma revista que vende xoxota a quilo !
--- Clodovil, eu reproduzi fielmente o que você disse... está tudo gravado, eu respondi.

Mas ele continuou negando o que havia dito . Me esculhambou. Não guardo qualquer mágoa por isso mas encerrei a conversa dizendo :
--- Bom , se a revista vende xoxota a quilo porque você fez tanta questão de aparecer nela ???

É bom lembrar que a matéria teria sido feita por sugestão de um chefão da Bloch que estaria atendendo a um pedido do próprio Clodovil.

Não tinha nada contra Clodovil Hernandes. Mas também nada a favor. Se ele não acrescentava nada àquele zoológico que é o nosso Congresso Nacional também não era por sua causa que aquela casa ficava pior. Inegável era sua inteligência como inegável era sua ironia e sua maldade. Mas era uma pessoa "carregada" de astral pesado e que eu presenciei tratando muito mal seus subordinados. Que encontre do outro lado a paz que aqui parece não ter encontrado.

Comentários

angelo alfonsin disse…
Caro Ricardo, eu assisti, ao vivo, uma humilhação pública desse senhor a uma reles ajudante de estudio, que deveria pedalar uma bicicleta ergométrica do patrocinador, pois o dito cujo debochou da menina por estar de quadris largos ( gostosos para nós masculinos, em particular ) para fazer uma propaganda sobre malhação em que mostrava um corpo pouco afeito ao movimento.
Um constrangimento atroz, resultado de uma atitude estúpida e fora de lugar.
Triste lembrança, que ele encontre um astral menos pesado do qual fez questão de deixar por onde passou.
Groo disse…
Pois é, Ricardo, eu não tive, felizmente, contatos próximos com essa figura aí não ( até porque quem sou eu). Mas pelo relato, era o tipo de pessoa que matava as plantas de uma casa só com o olhar.

E é de pessoas assim que não precisamos. Pra mim o Clodovil não representa grandes coisas, não sei se fará falta, mas o "decoro parlamentar" em Brasília estará a salvo! Se felizmente ou infelizmente, sei lá...

abs!
Su disse…
O Clodovil e toda sua irônia ficou muito pequeno diante da frase:
"Se ele não acrescentava nada àquele zoológico que é o nosso Congresso Nacional também não era por sua causa que aquela casa ficava pior."

Adoooooooorroooooo
Camisinha.com disse…
eu tb assisti a humilhação que angelo se referiu.

como dizem,
aqui se planta,
aqui se colhe...
acabou morrendo sozinho.

quero ver é no funeral dele... aquela gente toda, chique e tal, de óculos escuros... a elogiar o gde homem que foi...

vai ser, sem dúvida!! o evento funerário do ano mais concorrido!

espere só pra ver!!

.
Udi disse…
...acabo de ler isso no Blue Bus e não pude deixar de lembrar deste post. Tinha que compartilhar, vale a pena!

http://www.bluebus.com.br/show/1/89466/e_vc_lembra_dessa_do_bonner_imitando_o_clodovil_no_kibe_loco_revendo
leve solto disse…
Aceito pessoas autênticas, mesmo porque também sou. Mas grosseiras, como ele... sempre vou abominar!

Nada como ter argumentação, falar o que pensamos com o mínimo de educação.

Melhorou??? Nem comentei o post pois fiquei com medo de sobrar pra mim... afinal, tinha um recadinho aos leitores rsrs
Brincadeirinha!!!
Fique bem!

bj
Toda Pura disse…
Deixo aqui lavrada uma das pérolas históricas proferidas por Clodovil:

"— Evidente que o ataque às Torres Gêmeas foi armado pelos próprios americanos, não seja idiota, é como o holocausto: você acha que não tinha nenhum judeu manipulando isso por debaixo do pano?" (Em entrevista à Rádio Tupi, 2006)

No mais, o silêncio...
Moça do Fio disse…
Uau!!

Eu sabia o quanto o cara era excêntrico. No entanto, desconhecia este episódio.

Que agora, ele esteja em Paz.

Beijos!

PS: Obrigada pela visita. A Ana Paula é um doce =))
fabão fodão disse…
Outro dia li uma reportagem numa revista de grande circulação que o finado "CLÔ"... passou por muitos traumas na adolescência. Falou com amargura de ter que transar com homens, e da sua impotência sexual causadada pelo seu cancer de próstata. Mas acho, que a mais terrível experiência foi quando viu o pai fazendo sexo com o irmão da sua mãe. Passado alguns anos seu genitor o indagou se ele era "gay"... Clô nada respondeu-lhe, pois pensou nos aborrecimentos que poderia causar a sua mãe. Principalmente da conduta promíscua do pai. Creio que em muitos aspectos desencontrados da sua vida efêrema, esta o deixou amargo com seus semelhantes. Que descance em paz.

Postagens mais visitadas