VERME PUNIDO


    O verme acima chama-se Itamar Campos Paiva e foi condenado a 14 anos de prisão em regime fechado por tentativa de homicídio triplamente qualificado. Em maio do ano passado, durante briga de trânsito, ele agrediu com uma barra de ferro o gerente de compras André Luiz Reuter Lima.A vítima deixava uma pizzaria na Tijuca, na zona norte do Rio, com os filhos de 13 e 14 anos e um amigo deles, quando Paiva avançou o sinal na Rua Almirante Cochrane e quase os atropelou. Após discussão, Paiva desceu de seu Fiat Uno com uma barra de ferro e golpeou o gerente de compras, que sofreu afundamento de crânio e ficou cinco meses em coma.Sem testemunhas de defesa, Paiva apresentou uma versão classificada de mentirosa pela promotoria: disse que foi provocado o tempo todo por Lima, que o chamava para briga e acabou por bater a própria cabeça na barra de ferro, que Paiva teria pego para se defender das investidas do gerente de compras.O argumento não convenceu o júri formado por cinco homens e duas mulheres, que, por unanimidade, considerou Paiva culpado por tentativa de homicídio triplamente qualificado - praticado por motivo fútil, colocando em perigo a integridade física de outras pessoas e mediante a utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima. A justiça parece ter sido feita o que é raro nesse país de impunidade. Resta saber quanto tempo de fato esse verme vai ficar na cadeia. Duvido que sejam os 14 anos que ele merece.

Comentários

Celine Ramos disse…
Também duvido que sejam esses 14 anos. ¬¬
"Esse verme"


Beijos, Ricardo.
Patty Diphusa disse…
Ufa! Só faltava ter passado impune.
A vítima ter afundado seu crânio na barra por livre e espontânea vontade é de chorar. Eita argumentozinho.


Esse blog tá sempre a mil.

Bjs
edson menezes disse…
Pena de quatorze anos para essa besta humana, capaz da atrocidade que praticou, é branda demais...
Tomara fique ele junto aos "sangue ruim" do novo lar e tenha de provar todo dia quão destemido e valente é.
Armando Maynard disse…
Foi um bom começo, pois o caso é de "punição exemplar". O que aconteceu foi gravíssimo, o senhor agredido ficou incapacitato em uma cadeira de rodas. Foi um ato bestial a um cidadão de bem, que vinha de um encontro feliz com seus filhos. Agora é preciso que acompanhemos, ajudados pela imprensa, para que realmente a pena seja cumprida.
Sayonara Moreno disse…
A questão de punição no Brasil ainda me irrita muitoo!!!

Há casos em que insisto em ser a favor da prisão perpétua. Isso que alguns vermes merecem!!!

abraçosss!!!
Roseane, disse…
Acho que li isso na net na época do acidente...vamos ver se ele realemnte vai ficar 14 anos na prisão, mas ele é um prigo na rua. Bom findi!!!

Postagens mais visitadas