quem promove cultura tem cultura ?

O post é tão despretensioso quanto trivial como a comidinha que eu estava fazendo agora pouco aqui na cozinha de casa quando ouvi na singela USP FM (93.7 no dial) a moça da foto acima , que era convidada de um programa , encerrar a atração anunciando a canção "Eu e a brisa" de Caetano Veloso. Uauuuuuu... quer dizer que Caetano é agora autor da canção do imortal Johnny Alf, um dos papas da bossa -nova? A incorreção ( que não foi corrigida pelo apresentador do programa) não teria maior importância se a moça da foto não fosse Isabella Prata que é uma das fundadoras e diretoras da Escola São Paulo que oferece cursos e oficinas em multiplas áreas de criação. Vejam só apenas um trecho do currículo da moça que está estampado no site da escola :

"Fundadora do Instituto Escola São Paulo que dedica-se a proporcionar estudo em artes para estudantes, professores e arte educadores da rede pública e também suporte financeiro para jovens artistas, com sua empresa de consultoria e produção cultural trabalhou por 20 anos com artes, especialmente desenvolvendo projetos para empresas e museus".

Bom, até há pouco tempo eu desconhecia a escola sobre a qual eu só ouço elogios inclusive de duas produtoras queridas que trabalham comigo e estão fazendo cursos por lá. O fato de Isabella Prata( que nem sei se é parente do colega Mário Prata)não saber que Johnny Alf é autor de "Eu e a Brisa" e não Caetano Veloso não desabona a instituição que ela dirige. Mas que fica esquisito uma dona de escola que promove cultura não saber informação tão corriqueira é meio esquisito né não ? Dá a impressão de ser mais uma daquelas promotoras da cultura chantilly , a que fica acima do doce, vistosa, mas não agrega consistência alguma. Espero estar equivocado. Pe menos devo a Isabella a informação de que Caetano gravou a canção de Johnny Alf. Ou seja, a moça ainda é cultura apesar do escorregão !!!

Comentários

leve solto disse…
Qualquer mortal poderia errar.. Mas na minha humilde opinião, acredito que ela não!

Tô esperando vc lá em casa, ops, blog rs, para um pitaco no post de hoje. Te dou a liberdade até de ser crítico e cítrico!!! rs

bye
Udi disse…
...e esse locutor novo da USP FM é bem fraquinho! ...juntando tudo, dá no que dá. Agora, me conta uma coisa: o Caetano gravou "eu e a brisa"? (é de verdade a pergunta).
Ricardo Soares disse…
mara...fui na sua casa e deixei aquele comentário de ex-fumante... nada crítico e nem citrico! apenas concordando com vc... bjs

udi... Caetano gravou sim "Eu e a Brisa"... pelo menos essa informação a Isabella Prata me passou ! ouvi hj na rádio Usp e achei bonito... só não sei se está no cd novo dele ou se é gravação antiga...kiss
No "frisson" da exposição pública, ela pode ter desejado dizer "Eu e a brisa" que Caetano recentemente (ou tão lindamente) gravou".
Para quem não está muito frequentemente na frente de um microfone, de uma câmera, de uma caneta lheia que seja, dá para "pilhar" o suficiente para "dar uma bobeira básica"...
"Eu já fui mulher, eu sei"...rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
Meu pai foi radialista, e me contava um monte de situações do gênero; acho que deixou até escrito nas "memórias" que deixou para os netos.
bjs
Marcio Gaspar disse…
caetano gravou sim, 'eu e a brisa' - na minha opinião, uma das mais belas músicas brasileiras de todos os tempos. a gravação, excelente e num arranjo espetacular, é ao vivo, e está no cd 'prenda minha' (ou será no 'noites do norte ao vivo')? de qualquer forma, está em um daqueles CDs que foram achincalhados e/ou ignorados pela crítica. eles se inserem naquela fase (que perdura) em que virou moda esculhambar o caetano, por aspectos outros que não musicais. o clássico 'não ouvi e não gostei'. qdo o cara morrer (espero que ainda demore muito), estes mesmos irão exaltar a sua genialidade...
Armando Maynard disse…
Caramba Ricardo, seu senso crítico anda muito sensível. Foi só um errinho bobo de uma moça bonitinha. Voltemos a mirar nos políticos, nestes sim, precisamos manter o dedo no gatilho, digo, no teclado...
Isa disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Isa disse…
Olá, Boa tarde!!
Como boa curiosa que sou, apesar de não trabalhar em um ramo, digamos, "cultural", posso, Após rapida pesquisa no "GOOGLE" passar uma história bem interessante sobre a canção Eu e a Brisa:
A música foi composta como presente de casamento para um casal de amigos, e seria executada na cerimônia religiosa. Mas o padre responsável não permitiu, e a composição foi pra gaveta até o dia em que a cantora Márcia propôs defendê-la no Festival da Record em 67. Não ganhou, e foi até vaiada, mas tornou-se o maior sucesso de Alf, gravada de Maysa a Baby Consuelo, passando por Jards Macalé. Um verdadeiro standard.
Ou seja, qualquer um, com um pouco de boa vontade, consegue pesquisar a respeito de qualquer coisa que interesse.
Não concordo com a opnião de que ela não soubesse quem de fato era o compositor, por se tratar de tão conhecida canção da MPB, mas deveria por obrigação citar o nome do compositor e não tão somente do intérprete.
e tenho dito, rsss...
um abraço e uma Feliz Páscoa!!!
Ricardo Soares disse…
ao marcinho : obrigado pela informação completa em relação à regravação de caetano do clássico de Johnny Alf!!!

para a Cristina :é, eu sei que pode ter sido um engasgo diante do microfone , um descuido!! não estou sendo tão implacável não!!é que a moça dirige uma escola de cultura e essa informação é ,digamos, básica... ela deveria saber...

Para o Armando : Pô , vc acha que eu fui durão com a moça ??? ahhh, é uma dureza com ternura Armando... e para satisfazer seu desejo mandei-lhe um recado no post de hoje...

Para a Isa : Pô , será que vc está sendo mais durona com a Isabella Prata do que eu ???hehe... de qualquer forma obrigado por sua informação completa sobre a canção que complementa ainda as do Márcio Gaspar...kiss

Postagens mais visitadas