o twitter pode ser divertido

O twitter onde eu recém- ingressei, por dar ouvidos ao argumento de que ele pode "turbinar" um blog, ainda é para mim um enigma. Inútil, bobagento, pragmático, novo instrumento de comunicação ? ainda não sei se é uma inutilidade moderna,um arremedo de baderna ou apenas divertido. Hoje pelo menos foi divertídissimo quando vi circular fim essa mensagem muitas vezes:

Ciro Gomes, cigarros e mototaxis produzem o mesmo nível de prejuízos a SP. Portanto
#foramototaxis #foraCiroGomes #foracigarros

Comentários

c.k. disse…
Ricardo:
Escrevi este texto e queria partilhá-lo com você.
Abraço.

SOU MARGINAL – EU FUMO

Hoje entrou em vigor a Lei Antifumo no Estado de São Paulo. Prevê multas a estabelecimentos que deixe seus clientes fumarem em lugares públicos.
Sou fumante. E estou enfrentando discriminação até de minha família. Ninguém na minha casa fuma. Eu fumo numa parte externa à casa. Discussões por causa do ‘cheiro do cigarro’, por causa da ‘fumaça’, do ‘fedor’. Mais uma vez se aposta na discriminação do cidadão que não tem um proceder igual aos cidadãos de ‘bem’, ou seja, os que não são fumantes. Até dentro de minha própria casa. Estou me sentindo como se eu fosse uma estelionatária da respiração alheia. Sempre tive cuidado para não incomodar quem não fuma. Não são obrigados a respirar minha fumaça nem serem coniventes com o meu vício. Mas eu pergunto se esta forma de marginalizar o fumante é um procedimento correto. Será que realmente a educação e o diálogo não têm vez no Brasil? Será que o proceder mais ‘curto’ para banir o vício é, mais uma vez, a discriminação? Pois, se me discriminam por eu fumar, não acho ruim a discriminação de pobres, negros, judeus, gordos, homossexuais, deficientes mentais ou idosos! São todas pessoas ‘fora do padrão’ da sociedade, não são playboys, não são bonitos e ricos nem são consumidores do que os padrões ‘corretos’ ditam !
Fico muito triste com este tratamento que me é dado. E espero que este proceder se estenda a outros fundamentalistas comportamentais que estão por aí. Fico triste porque, por eu não ser uma pessoa ‘padrão’, sou banida e olhada com desprezo.

Postagens mais visitadas