Carinho virtual correspondido

SANGUE DE AMOR CORRESPONDIDO. Uso o belo título de um livro pouco lembrado de Manuel Puig e essa bela pintura do italiano Lucio Ranucci para agradecer nesse blog (com links para Facebook e Twitter) a todos aqueles que ontem deixaram tantas e tantas mensagens calorosas e carinhosas no dia do meu aniversário. Amigos novos, amigos antigos, gente de quem eu tinha me perdido,gente que é um achado, gente que manda recado cifrado e direto, palavras sutis, gentis, zelosas, com abraços, beijos e apertos embutidos. Seria mentira se eu dissesse que não fiquei superlativamente feliz quando ontem e hoje abri o Facebook e vi tanta e tanta gente querida a vibrar e desejar coisas tão boas nessa longa jornada vida adentro que nos faz ver que o essencial acaba sempre sobrevivendo seja por que mídia ele se manifeste. E o essencial é paz, amor , carinho, fraternidade. Bons sentimentos. Me senti tremendamente acolhido depois de ter passado um aniversário de maneira simples almoçando com meu filho e  minha querida tia Ottilia de 81 anos que me fez um delicioso almoço light , vagando um pouco pela cidade conturbada e depois indo jantar com dois amigos fraternos e queridos que me acompanham vida afora desde os 15 anos de idade. A noite ainda terminaria feliz com inesperada e maravilhosa surpresa sensorial que me fez olhar pelas vidraças de casa o céu ligeiramente nublado e pensar que a vida e suas simplicidades valem mesmo cada segundo. Boas coisas da vida são simples como bem lembrava nosso eterno Rubem Braga. Assim sendo a amizade (mesmo que só virtual) e o amor de qualquer maneira que valha a pena me deixaram a lembrança do acolhimento e de um dia repleto de alegrias na fina flor dos meus anos iniciais de meia idade.Reduzi ontem minha velocidade. E percebi que há sempre no acostamento gente que se importa e espera por um sinal seu. A todos esses que comigo estiveram, os muitos e surpreendentes que mandaram recados nessa midia fantástica que é o FACEBOOK, aos poucos e bons que deixaram comentários nesse blog e mandaram recados pelo twitter e por e-mail só posso deixar mesmo aquele abraço gigante , acolhedor, solar e tropical cuja sensação está embutida na linda canção de Gil. "Aquele abraço" mesmo . E obrigado . A cada um de vocês. 

Comentários

Fau Barbosa disse…
Você merece Ric, um beijo com carinho!
Fau
Diva Marquezi disse…
Ricardão!
Que saudade, moço! Vamos marcar um encontro dos Odri, com os Soares, como há muito tempo não acontece.
Beijão e, mais uma vez, parabéns!
E aí Ricarodones Chinendeli... Diz-me uma coisinha... Como é passar um aniversário cheio de pessoas que nos amam??? Ainda que não presentes fisicamente mas espiritualmente???
Espero que vc tenha vivido momentos inesqueciveis neste dia... Um Abração do tamanho da nossa viagem pelo huambo... Conturbado... Mas grande e cheio de momentos lindos e marcantes... Que no final tornou-se na maior jornada laboral que tivemos cá em Angola.
Não se esqueça de dar uma olhadinha no meu blog... Muitas cenas fixes sobre o quotidiano de um país que ganhou o pséudonimo de conquista (risos).
www.angoladez.blogspot.com
Claudia Ka disse…
Acabei de ler 'Valentão'. 'Dias de Submarino' está em cima de minha mesa aguardando leitura. Hahahaha, te enxerguei um pouco ali. Claro que com outra forma de valentia.
;-)
c.k. disse…
Tenho tantas contas de blogger que me atrapalho toda. Postei um comentário com minha conta do blog musical.
O que tinha te escrito é que acabei de ler 'Valentão'. Te enxerguei um pouco no personagem principal mas, é claro, você tem outro tipo de valentia. 'Dias de Submarino' está em cima de minha mesa aguardando leitura.
;-)
ANA LÚCIA disse…
É como dizem: ..."O que se leva da vida são momentos felizes"... E melhor se for sempre com pessoas que gostamos e que gostam da gente. Que bom ter passado seu "niver" recebendo carinho. Merece, é um bom "rapaz"...
Abçs,
Ana

Postagens mais visitadas