EM BH TRAVESSA VIRA MINEIRIANA

( e perde o charme...)

    A notícia pode ser velha para os belo-horizontinos que hão de me perdoar pois não apareço sempre pela capital das Gerais. Estive poucos dias antes e depois do último  Natal quando não havia me dado conta, como nessa semana, que o antigo "Café da Travessa/Livraria" (que era na Getúlio Vargas,Savassi) virou "Livraria Mineiriana" que desde dezembro de 2009 está na rua Paraíba,1419. 
     Me dirigi na tarde de terça- feira para o antigo endereço da Getúlio Vargas, turista sempre aprendiz e eventual de BH, e dei de cara com um cafézão vazio e impessoal onde era a livraria. Mantiveram o nome "Travessa" bem ao lado do conhecido mezzanino da antiga livraria onde ainda rolam shows.Soube por um funcionário que a livraria que há anos eu frequentava havia mudado de nome e endereço e fui para a tal "Mineiriana" então.
     Minha primeira impressão é de que a mudança tinha sido para melhor pois a profusão de títulos, dois andares,um café à meia -luz logo na entrada tinha agregado valor em relação ao endereço anterior. Ledo engano. A Mineiriana não tem o mesmo charme da muvuca anterior da Travessa. Funcionários desatentos e pouco afeitos à literatura e congêneres e mais interessados nas maravilhas das pesquisas do Google  com a excessão de um caboclo que parecia de fato interessado no movimento dos clientes. Além dessa evidente nova frieza e impessoalidade a organização dos livros é confusa e, imperdoável, após um ano de endereço novo,o segundo andar tem os livros todos misturados.Dizem que ainda estão num work in progress ...um ano depois da inauguração e não conseguiram catalogar por assuntos ?
     Quando me dei conta que o endereço havia mudado liguei para minha solerte amiga Ana Paula Siqueira que vive dizendo que só falo mal de BH.  A ingrata também não sabia que a livraria tinha mudado de endereço faz um ano.Toma tento desatenta ! É a ela e a outra querida amiga mineira (Joice Pacheco que também diz  que só detono BH e que repartiu comigo e minha irmã simpáticos pastéizinhos de angu diante da antiga "Travessa")  que dedico esse post : meninas ,vocês dizem que tenho má vontade com  BH. Mas "pelamor" de Deus ! como é que uma livraria como essa tal "Mineiriana" ( a maior  livraria de rua da capital mineira) pode ser vacilona assim ? parece que não soube agregar aos novos tempos a boa imagem que antiga "Travessa" já tinha conquistado. Façam uma visita e confiram... depois digam se sou implicante ou não. Preferia, e muito, o endereço antigo.  

Comentários

ANA LÚCIA disse…
Não só em BH, mas em todo o lugar os valores estão se perdendo. Poucos dão importância para a memória cultural.
Abçs,
Ana
Fabricio Carlos disse…
Particularmente acho que foi uam grande perda para a cidade.

Após um ano da mudança ainda não me atrevi ir na Mineiriana (não me atraiu), o antigo Café da Travessa possui um charme indiscutivel com a livraria... (claro que tem gente que nem percebeu a diferença)

Ja a impessoalidade /falta de interesse / falta de conhecimento dos funcionarios, ja esta virando moda nas casas ditas "livrarias" (e não é só aqui) é raro de encontrar um atendimento qualificado...

abraços!

p.s: bom saber que esta/esteve em nossa terra
c.k. disse…
Eu só compro livros pela internet: sebos virtuais e livrarias virtuais. Acho prático pesquisar antes na internet o que se quer, assunto, conteúdo e depois comprar com um clique e receber em casa.
Também baixo e imprimo outros livros, por pecado, praticidade ou rapidez.
Aliás, Ricardo, acabei de comprar 'Falta de Ar'.
;-)

Postagens mais visitadas