MULHERES AZUIS


E então, saindo de densas brumas
mulheres azuis
cruzaram o riacho do Ipiranga
me fitaram e disseram :
você não é o seu passado


Acreditei e como estava assim sozinho
sem uma mão ao meu lado
Continuo a transpor a encosta
Sem saber qual  a resposta

Comentários

Fátima disse…
Você escreve sobre elas.Eu as personifico nas minhas aquarelas,enas telas.Sãoo as mesmas.Até quando se apresentam sob a forma de madonas, magas,pequenas prostitutas nas janelas,matrizes de uma nova raça...

Postagens mais visitadas