OS VERDADEIROS PIRATAS DA SOMÁLIA

  

Para um fato não existe apenas uma versão como tentavam nos ensinar no passado alguns obstinados mestres nas faculdades de jornalismo na época em que havia jornalismo e não essa maçaroca pasteurizada de hoje em dia onde as grandes corporações midiaticas determinam o "certo" e o "errado".
   Isso posto quero lhes recomendar com entusiasmo o documentário espanhol chamado "PIRATAS" de Juan Falque que me foi apresentado pelo amigo Roberto Lamego. É devastador principalmente porque nos esfrega na cara o desconhecimento que temos em relação a gravíssimos problemas pelos quais passam países "marginais" desse nosso planeta como a Somália.
   A mesma mídia hegemônica que rotula as FARC como terroristas narcotraficantes esquecendo que elas surgem como reação a um estado assassino na Colômbia, a mesma mídia que detona Hamas e os movimentos de libertação da Palestina ocultando os crimes hediondos do sionismo,  essa mesma mídia sempre nos apresentou  os piratas da Somália como os piores dos piores bandidos da Terra, sanguinários sádicos que matam, esfolam, riem sobre os cadáveres da vítimas.
   Antes que atirem pedras na Geni aqui é bom lembrar que não estou a defender a ação violenta dos piratas muito menos das Farc ou do Hamas. Mas queria lhes chamar a atenção sobre esse valoroso documentário na medida em que elucida o contexto em que surgem os piratas somalis. Em reação a destruição total da pesca nas costas daquele pais africano , devastado por fome e guerras tribais. A pesca predatória tem sido promovida pelas mesmas nações do primeiro mundo que transformaram aquelas águas em depósito de todo lixo hospitalar e radioativo que vem de seus territórios. Vergonhosas atitudes que vem contado com beneplácito de organismos como a Onu , aliás como era de se esperar.
  Ou seja, mesmo que a versão do documentário lhes pareça estranha é bom assistir para que a gente reflita sobre que tipo de verdade a mídia hegemônica nos vende todos os dias. Duvidem pelo menos. Não comprem a "verdade" assim de cara já que infelizmente não se ensina mais nem nas faculdades nem nas redações que um fato pode ter várias versões.      

Comentários

Jiddu disse…
Caro Ricardo,

Sou morador da Demétria, e vi o seu contato através do Blog Alobairro, gostei do seu blog e tentei adicioná-lo no Facebook, mas parece que o seu perfil está cheio...

Um abraço,

Jiddu S. Caniello
Ricardo Soares disse…
Caro Jiddu...obrigadoo por seguir meu blog e pela atenção... nem escrevi sobre Demétria no blog para não ficar aqui falando demais de um paraíso daqueles...medo que ele fique cheio demais...hehehe...o bairro é tudo aquilo que aparenta ser ou existem problemas ocultos que não vi? é que meu natural ceticismo faz com que eu desconfie... é mesmo bom como parece viver por lá ? quanto ao face manda o convite que eu deleto alguns seguidores inativos para incluir com vc... abraço
Meu caro e velho amigo Ricardones... É com enorme satisfação que volto a trocar subsídios com você. Nem queiras imaginar as saudades. Nunca mais havia estabelecido contacto com você devido ao facto de estarmos a ser vigiados dia e noite pela internet. Agora garanto estarem reunidas as condições para que nos falemos mais vezes. Adorei o seu ponto de vista com relação a situação dos piratas somalís. Não entende como bajulação mas é mais pura verdade o que você disse sobre a mídia hegemónica. Eles nos embutem notícias em função do interesse político das suas nações. Uma lição que está ser bem excutada pelos angolanos. Por outro lado, postei um texto novo no meu blog homenageando você. Dê uma vista de olhos por lá. Há... outra coisa; não me despi do desejo de trabalhar com você num documentário em quanquer conto do mundo. Conto consigo. Abs calourosos.

Postagens mais visitadas