TODO PROSA

Minha foto

Escritor, jornalista, roteirista, diretor de tv. Dirigi, apresentei e escrevi para a  TV Cultura, CNT/GAZETA, BANDEIRANTES, MANCHETE,  Rede SESC/Senac,TV Brasil, TV Pública de Angola, TVT-TV DOS TRABALHADORES, GNT entre outras. Editei as revistas RAIZ, TRIP e HV e fui conselheiro editorial da Rolling Stone e um dos criadores do programa METRÓPOLIS da Tv Cultura do qual fui o primeiro apresentador. Fui repórter do Caderno B do JB e tomei parte da equipe fundadora do Caderno 2 do Estadão. No mesmo jornal fui cronista de 1993 a 1998. De 98 a 2001 fui cronista do Jornal da Tarde.  De 1998 a 2005 dirigi, escrevi e apresentei "Literatura" e "Mundo da Literatura" exibido em várias emissoras abertas e fechadas. Sou co-autor das peças "Olho da Rua" e "Quatro Estações". Tenho vários livros publicados como CINEVERTIGEM (ed. Record) e os infanto-juvenis VALENTÃO, O BRASIL É FEITO POR NÓS ?, DIA DE SUBMARINO e FALTA DE AR. Dirigi mais de uma dúzia de documentários e séries documentais para várias emissoras de tv. Publiquei todos os dias durante um ano em www.revistapessoa.com o 365- Diário do Anonimato do Mundo. Uma história por dia. Cada dia um lugar do mundo. Escrevo duas vezes por semana para a revista digital  Dom Total em www.domtotal.com . Sou um entusiasta da comunicação pública e creio que ela pode ser bem feita quando despida de medo e dos processos burocráticos, abraçada com a criatividade.

Seguidores

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

homenagem tardia a Caio Fernando Abreu


(clique em cima que dá pra ler)

Minha querida amiga Dinah Sales de Oliveira e seu consorte Tadeu Nogueira fuçando alfarrábios acharam e escanearam uma velha crônica de quando eu tinha 36 anos e tinha um espaço semanal no caderno Cidades do Estadão.A referida crônica fala do amigo Caio Fernando Abreu que tinha acabado de falecer e apesar dos erros de revisão (trocaram,por exemplo,escritores imãs por escritores irmãos) ainda soa como homenagem.

Um comentário:

Cléo disse...

Oi Ricardo, quanta gentileza, agradeço imensamente se puder me enviar aquele texto sobre seu pai, meu email:cleo.mestre@gmail.com , sou um tanto ignorante aki na rede... e acabo neste anonimato confortável...só q obscuro por demais... bjs Cléo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo do blog