TIRADENTES E O SABONETÃO ITALIANO

Tiradentes,MG. Apesar das frescuras mantém sua beleza.
         Cruzei no finzinho do ano numa lojinha em Tiradentes (MG) com um sabonetão italiano que para mim se tornou a mais completa metáfora da histórica cidade mineira;cara, desglamourizada , ilusória e prometendo maravilhas que não mais entrega. Me explico :  desde fins dos anos 70 ou começo dos 80 bato pernas por Tiradentes e cercanias e há alguns anos não passava por lá.
      Tiradentes sempre me deu a impressão de reunir com eficiência  aquelas memórias históricas  dos inconfidentes com bucolismo, simplicidade, boa comida. Isso, infelizmente, parece ter se diluído pois o entorno da cidade já está muito descuidado, a comida no geral não parece ser mais tão boa  e tudo , mas tudo mesmo, é muito caro.Lojinhas chics descaracterizaram a simplicidade, vende-se artesanato e móveis aos olhos da cara  e o público parece ser composto na sua maioria por aquela "gente diferenciada" que mora em Higienópolis, Leblon  ou Mangabeiras em BH. Tipinhos que desfilam de chapéu Panamá e Gucci, madames cobertas de ouro e adereços. Sacaram a mudança ? Pois então...
      Voltando ao sabonetão : entrei numa dessas lojas metidas. Uma prateleira cheirosíssima exibia pilhas de enormes sabonetes italianos de aromas deliciosos, quase inebriantes. Não resisti à tentação e comprei um deles, o tal  "Dei Colli Fiorentini Cipresso"   vindo ,ao que parecia, diretamente de um cipreste. Mas o sabonetão é como Tiradentes. Cheira mas não fica mais no corpo. No primeiro banho  o encanto se desfaz. O cheiro que exala da embalagem é inócuo e não se fixa. Sabonetão sem alma . Como Tiradentes que de tanto lhe injetarem frescuras está perdendo sua essência mineira.
o sabonetão italiano sem alma

Comentários

Pena, né ? Senti um pouco isso ao voltar a Ouro Preto, com os cheiros das madeiras das construções em minha memoria e só encontrar odores de gorduras queimadas em frituras em todas as ladeiras. Perdeu um tanto do encanto. E Parati, então ?
Preciso ir conhecer Diamantina, sem nada para esperar.
Hélio Matosinho disse…
Sabonete italiano? O que é isso rapaz! Que pederastia!
gugala disse…
ótimo e verdadeiríssimo poste!abraço12
ANA LÚCIA disse…
Tiradentes perdendo o aroma do antigo e a história aos poucos vai dando espaço ao turismo exagerado e ao comércio visando apenas os lucros $$$. O sabonetão "sem cheiro" pelo menos deu o que falar no encontro familiar! kkk...
Bjim,
Ana
Ricardo Soares disse…
Urtigão...não espere muito de Diamantina que só conheci ano passado e me surpreendeu positivamente...pelo menos mantém uma certa aura...

Matosinho prezado...sabia que vc ia acusar o golpe do sabonetão ...dizem que lá em Castro se usa muito...aquele abraço de ano novo

gugala...obrigado e feliz ano novo

Mana...o sabonetão rendeu mesmo né??hehehehe... mas é triste ver o que rola lá em Tiradentes...bjsss
Poliana Macedo disse…
Mas no final das contas: quanto custou o sabonete? =)
Ricardo Soares disse…
Poliana...boa pergunta!sabonetão custou 29 pilas...bjss e feliz ano novo
Ana disse…
Vc sabia que a Globo é quem cuida da Cidade? Pois é... ela a adotou, taí a explicação de tanto glamour que se desmancha no ar.
Suelem disse…
Lembro deste trite episodio...

Postagens mais visitadas