Lições de cidadania na Vila Dirce,Carapicuíba

rotatória Vila Dirce com Inocêncio Seráfico : ao redor lições de cidadania
          Após muitos anos morando na Granja Viana- que já foi um enclave verde perto de São Paulo e hoje é apenas uma miragem destruída pela especulação imobiliária -  passei há alguns meses a frequentar mais o comércio local da Vila Dirce, em Carapicuíba, aqui vizinha. O fiz como um sincero gesto de protesto não só pelos  preços extorsivos cobrados pelos "Pão de Açúcar" , "Bon Marche" ou "Wallmarts" locais mas também porque o adensamento populacional de novos ricos da Granja aumentou de tal maneira que o trânsito está ruim e a vizinhança cada vez mais mal educada.
       Exemplo flagrante de deseducação é que mesmo com a recente campanha para que motoristas respeitem a faixa de pedestres isso é muito pouco aplicado entre os moradores da Granja e mesmo em São Paulo se eu for comparar as vezes que pararam pra eu passar numas faixas ali na vila Dirce. Pararam pra mim , tiozinho de meia idade, como para gente mais nova e mais velha. Isso me faz ver -óbvio - como é perigoso se partir da falsa premissa de que quanto mais pobre mais deseducado. Pelo que tenho visto das lições de cortesia, cidadania e simpatia da Vila Dirce é a Granja Viana que tem muito a aprender com eles.   

Comentários

A arrogancia daqueles que não andando a pé, não imaginam sequer o que é ser pedestre. O outro conhece a dura realidade e quando de carro ainda consegue se lembrar. Será ?
Mônica Oliveira disse…
Caro Ricardo Soares

Isso era pra ser um elogio?

Vc está mesmo impressionado pq alguns carapicuibanos foram educados?

É sério isso?

E nos mercados, como foi o atendimento? São educados? E tem produtos de marca? Isso também te impressionou?

Conte mais sobre suas descobertas sobre a civilização que existe escondida aqui em Carapicuíba.

Mônica Oliveira
Ricardo Soares disse…
sei não Urtigão, sei não...

quanto a você Mônica, o seu comentário era pra ser uma ironia para comigo ? se foi não surtiu efeito pq não se trata de elogio a Carapicuíba e sim a constatação óbvia que o pessoal da Vila Dirce parece ser muito mais educado do que o pessoal da Granja Viana...eu não estava e nem estou procurando produto de marca, vc está ??
Mônica Oliveira disse…
Pois é...
Bem sei que ironia e sarcasmo não se escreve. Mas eu tentei, sim, ser irônica e sarcástica

Afinal gente mal e bem educada tem em todo lugar.. mas é vc mesmo q diz
"como é perigoso se partir da falsa premissa de que quanto mais pobre mais deseducado."

E é a sua surpresa (q agora vc chama de constatação óbvia) q eu tentei ironizar.

Vim parar aqui por causa de um twitter c/o título "Lições de cidadania na vila dirce" .

Vi uma foto bonita e na sequência uma comparação entre mal educados da granja e SP e educados na Vla Dirce, q vc só conheceu pq entre outras coisas estava fugindo dos "novos ricos" q atravancam o trânsito em seu caminho.

Foi justamente o SEU preconceito de classe q causou meu comentário - e na reação preferi te comunicar, ofendida.

Tenho nada a ver com o gunvernu não pra fazer proselitismo político.

Essa história da Granja e Carapicuíba é antiga (inclusive de quem está em terras de Carapicuíba e prefere, por vergonha, negar e dizer: Fazendinha e Granja - principalmente comerciantes).

Mas se a cortesia, cidadania e simpatia da Vila Dirce servem de lições para a granja para mim soou puro preconceito. E preconceito, não se discute.
Ricardo Soares disse…
Mônica...entendo bem seu preconceito de classe por isso respondo que :

1. não conheci a Vila Dirce agora ... passo por ela há muitos anos... digamos que agora eu tenha estacionado mais pela Vila , fuçado mais o seu comércio por não tolerar a "gente diferenciada" da Granja e seus preços extorsivos.

2.onde vc preconceito meu só existe a tal constatação óbvia...até porque, repito, tenho origem mais humilde que você imagina e o fato de morar na Fazendinha não me faz nenhum Bill Gates...

3. nunca tive vergonha de dizer que moro em Carapicuíba, antes ao contrário...digo mais que moro em Carapicuíba que na Granja pra não ser explorado nos preços...ser morador da Granja virou sinônimo de "bem de vida" o que não é verdade sempre... ou seja não visto mesmo a carapuça de preconceituoso que vc quer me vestir...

4.por fim digo que estou um pouco velho pra discussões do tipo "exploradores" e "explorados" ou para discursos marxistas de fundo de gaveta...os tempos são outros . O mundo não se divide em ricos e pobres, maus e bons e assim por diante...como vc mesma diz cortesia , simpatia e cidadania pode se encontrar em qualquer lugar...só quis dizer que tenho encontrado isso mais na vila dirce do que na Granja Viana... o resto é fantasia da sua cabeça que parece colocar selos de catalogação em tudo... inclusive no nome do seu blog que, aliás, é muito bem intencionado mas nem um pouco crítico, até condescendente com uma prefeitura péssima capitaneada por um prefeito péssimo!!! ahhh, mas vc não deve querer criticar porque ele é petist né e os bonzinhos são do Pt e os "maus" são tucanos né ??? ok...
ps. em tempo... acho o prefeito tucano de Cotia, Carlão, tão ruim quanto o Serjão de Caraca City

Postagens mais visitadas