A CULPA É DO FIDEL !

Em setembro passado , quando esse blog ainda se iniciava, minha amiga Tania Celidônio foi uma espécie de correspondente no Festival Internacional de Cinema do Rio. Cinco meses depois , um dos filmes que ela comentou ( A Culpa é do Fidel!) está em cartaz no Rio e em São Paulo. Assisti sábado no Estação Botafogo e quero referendar o perspicaz comentário de Tania que você deve ler aqui . Acrescento apenas o clichê de que o filme é imperdivel quando sua diretora usa a perspectiva de uma menina muito esperta para examinar a crise das ideologias. Talvez um pouco dessa ótica deva ser usada ao analisarmos o estéril debate entre tucanos e petistas. O embate entre o boi Garantido e o boi Caprichoso ao qual me referi em post recente. Não seriam as ideologias agora agonizantes na medida em que todos servem unicamente ao deus -mercado e ao consumidor que sempre é mais levado em conta que o cidadão ?

Comentários

disse…
Quero assistir a esse filme, ainda não consegui.
rm disse…
Ô Ricardo,

Em geral tendo a concordar bastante com o que você escreve, mas no caso presente, sinceramente não creio que os dois "bois" representem muita coisa além de certo corporativismo tupiniquim (e, me perdoe, paulista).

Do qual, concordo plenamente, devemos nos livrar o quanto antes.
Pinto disse…
Apoiado.

E como alternativa ao tucano-petismo temos aí Ciro Gomes.
Ricardo Soares disse…
lê, pois então não perca...bj

rm
não tem nada do que se desculpar... é um corporativismo paulista sim ... dois lados da mesma moeda... eu sou paulista, viajei sempre o Brasil todo mas não sou nem um pouco bairrista... tanto que nesse momento curto mais o Rio que Sp... pode ser que semana que vem mude de idéia...hehe...boa semana para vc

pinto... quanto à alternativa tucano petista ciro gomes concordo com vc que já foi porta - voz do caloteiro: ele é perfeito ! reúne o pior do petismo com o pior do tucanismo...ontem por ex. vc deve ter tido orgasmos quando leu a entrevista do megalô na folha né ?
o caloteiro continua dando aulas magnas de mitomania, megalomania e falta de senso de ridículo... desejo a ele ficar com as nádegas flacidas untadas de mel sobre um formigueiro de saúvas...
Tássia Jaeger disse…
nem um dos dois graças a Deus e aos meus pais...até pq sou JAEGER e n JAGGER...hehehe...gostei do blog! to cursando jornalismo, mas amo escrever e ler somente sobre o q gosto...perigoso isso nao??? qria mesmo ser colunista...mas pra chegar lá é ruim heim...ou qm sabe escrever sobre cultura...abraços
tania disse…
Ric,o filme tem mesmo momentos emocionantes, né não? E aproveitando que Costa Gravas Filha fez um belo filme e que o pai presidiu o júri do Festival de Berlim, que tal o Urso de Ouro para Tropa de Elite? Gostates? E seus leitores, o que acharam?Vamos fazer uma pesquisinha pra saber o que a turma leitora deste seu blog achou da premiação?
Eu achei muiiiiiiiiiiiito interessante.
Ana Barbara disse…
Oi. Não. Nunca li. Vc indica?
Robbie Jacks disse…
Quando eu crescer (!), quero ser tal qual você! rs
Bob disse…
Apoio o comentário de assistir ao filme. Ainda mais que um dos meus primeiros posts lá no meu cantinho era sobre este filme e tinha um teor parecido a este teu.
Nathalia Leme disse…
Legal que você gostou, Ricardo!
Achei bem interessante seu blog, vou visitá-lo mais vezes.
Eu tb ainda não assisti esse filme.
Bjão
Boa indicação, Ricardo.
Acho que o Fidel resistiu, que o povo cubano resistiu.. O mercado é Deus, mas ainda nos resta o ateísmo.
Vou ver, com certeza.
Abraços
disse…
Que ótimo seu espaço. Virei sempre. Obrigada pela visita, Ricardo. Fiquei feliz. Espero trocar boas figurinhas contigo a partir de agora. E sobre vários assuntos.

Beijos.
Boa semana.

Postagens mais visitadas